Joint-venture russo-brasileira lança micro-ônibus a gás

A expectativa é que os ônibus Bravis com motores a gás comecem a ser produzidos em série no futuro próximo Foto: Press Photo

A expectativa é que os ônibus Bravis com motores a gás comecem a ser produzidos em série no futuro próximo Foto: Press Photo

Veículo conjunto da Kamaz e Marcopolo passou por ‘test drive’ nos arredores de fábrica na Rússia.

A joint-venture Kamaz-Marco, que reúne a fabricante russa Kamaz e a brasileira Marcopolo S.A., apresentou o micro-ônibus urbano a gás Bravis, com 190 cavalos de potência.

Kamaz ao redor do mundo

O consórcio de automóveis Kamaz, que pertence à corporação estatal Rostec, é a maior fabricante russa de veículos pesados, congregando 150 fábricas na Rússia, Comunidade de Estados Independentes e exterior (Vietnã, Irão, Índia, Cazaquistão e Paquistão).   

Durante a apresentação na sede da Kamaz, Serguêi Kogoguin, diretor-geral da fabricante russa, não só realçou o design do novo veículo, como deu uma volta a bordo do Bravis pela cidade de Náberejnie Tchelní, na região do rio Volga.

O projeto do novo micro-ônibus foi baseado no modelo Kamaz-3297, e recebeu uma cabine de fabricação brasileira com chapa anticorrosiva feita de aço galvanizado e alumínio.

A expectativa é que os ônibus Bravis com motores a gás comecem a ser produzidos em série no futuro próximo.

 

Publicado originalmente pelo Rostec.ru

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies