Joint-venture russo-brasileira lança micro-ônibus a gás

A expectativa é que os ônibus Bravis com motores a gás comecem a ser produzidos em série no futuro próximo Foto: Press Photo

A expectativa é que os ônibus Bravis com motores a gás comecem a ser produzidos em série no futuro próximo Foto: Press Photo

Veículo conjunto da Kamaz e Marcopolo passou por ‘test drive’ nos arredores de fábrica na Rússia.

A joint-venture Kamaz-Marco, que reúne a fabricante russa Kamaz e a brasileira Marcopolo S.A., apresentou o micro-ônibus urbano a gás Bravis, com 190 cavalos de potência.

Kamaz ao redor do mundo

O consórcio de automóveis Kamaz, que pertence à corporação estatal Rostec, é a maior fabricante russa de veículos pesados, congregando 150 fábricas na Rússia, Comunidade de Estados Independentes e exterior (Vietnã, Irão, Índia, Cazaquistão e Paquistão).   

Durante a apresentação na sede da Kamaz, Serguêi Kogoguin, diretor-geral da fabricante russa, não só realçou o design do novo veículo, como deu uma volta a bordo do Bravis pela cidade de Náberejnie Tchelní, na região do rio Volga.

O projeto do novo micro-ônibus foi baseado no modelo Kamaz-3297, e recebeu uma cabine de fabricação brasileira com chapa anticorrosiva feita de aço galvanizado e alumínio.

A expectativa é que os ônibus Bravis com motores a gás comecem a ser produzidos em série no futuro próximo.

 

Publicado originalmente pelo Rostec.ru

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.