Advogado revela que Snowden está vivendo de doações

No final de outubro, Snowden (esq.) e o deputado do Partido Verde alemão Hans-Christian Ströbele realizaram reunião secreta em Moscou Foto: AFP / East News

No final de outubro, Snowden (esq.) e o deputado do Partido Verde alemão Hans-Christian Ströbele realizaram reunião secreta em Moscou Foto: AFP / East News

O ex-consultor da CIA, Edward Snowden, conhecido por vazar informações do serviço de inteligência norte-americano, usou a maior parte de seu dinheiro para comida, aluguel e seguranças particulares, e está vivendo de doações de organizações públicas e cidadãos russos.

Em entrevista publicada nesta terça-feira (12), o advogado Anatóli Kutcherena disse que está ajudando Snowden com questões domésticas do dia a dia, “porque ele está absolutamente sozinho na Rússia”, segundo o jornal “Rossiyskaya Gazeta”.

“Ele não tem mãe, pai ou algum conhecido por aqui”, disse o advogado.

Kutcherena declarou no final do mês passado que Snowden havia encontrado emprego em um grande site russo, o qual deixou “por razões de segurança”. Ao que tudo indica, Snowden ainda está para receber seu primeiro salário.

“Ele usou praticamente todas as economias que tinha para comida, aluguel, guarda-costas e assim por diante”, disse o advogado. “Algumas organizações e cidadãos ativos estão prestando qualquer tipo de ajuda, incluindo assistência financeira.”

“Com suas habilidades profissionais em tecnologias da informação, ele pode ter um futuro brilhante em qualquer país do mundo”, acrescentou Kutcherena. “Mas se ele deixar a Rússia, vai perder seu status de refugiado.”

Depois de passar grande parte do verão escondido no aeroporto moscovita de Cheremetievo, Snowden recebeu asilo temporário de um ano na Rússia, o que lhe permite trabalhar no país e desfrutar de todos os outros direitos de qualquer cidadão, exceto votar e trabalhar para algumas agências estatais.

 

Publicado originalmente pelo The Moscow Times

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.