Fundador da VimpelCom é o primeiro russo a ganhar prêmio de filantropia Carnegie

Zimin criou fundo de caridade que apoia investigação científica Foto: 4kvadra.ru

Zimin criou fundo de caridade que apoia investigação científica Foto: 4kvadra.ru

Medalha de Filantropia Andrew Carnegie, muitas vezes chamada de “Prêmio Nobel da filantropia”, reconhece aqueles que usam sua riqueza e visão de negócios para o bem público.

Criador da Fundação Dinastia, Dmítri Zimin se tornou o primeiro filantropo russo a receber a Medalha de Filantropia Andrew Carnegie.

Os ganhadores do prestigiado prêmio bianual receberam suas medalhas no final da semana passada em uma cerimônia no Parlamento escocês, em Edimburgo.

Zimin, o fundador e atual presidente de honra da operadora de telecomunicações VimpelCom, estabeleceu a Fundação Dinastia em 2002.

O seu fundo de caridade sem fins lucrativos apoia cientistas, estudiosos e educadores, promovendo a investigação científica fundamental na Rússia e contribui para a divulgação geral das ciências naturais e sociais.

 

Publicado originalmente pelo The Moscow Times

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.