Primeiro 'Russian IT-Day' começa no Rio

O Brasil possui o quinto maior mercado interno de TI do mundo, empregando cerca de 2,5 milhões de profissionais Foto: Getty Images/Fotobank

O Brasil possui o quinto maior mercado interno de TI do mundo, empregando cerca de 2,5 milhões de profissionais Foto: Getty Images/Fotobank

Entre as participantes da missão empresarial estão o Projeto Goodwin, uma plataforma de comércio eletrônico, a Kuznech, empresa que trabalha no desenvolvimento de mecanismos de busca de imagens e vídeos, e a Sonda, que se dedica à elaboração de sistemas de identificação biométrica, como leitores de impressões digitais, desde 1991.

De 16 a 23 de outubro a Representação Comercial da Rússia no Brasil, em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Econômico da Federação Russa, promoverá o Russian IT Day, uma missão empresarial que tem como objetivo apresentar ao mercado brasileiro companhias russas especializadas em tecnologias da informação (TI) e comunicação.

A missão visita o país no período em que acontece o Futurecom, maior evento de tecnologia da informação e telecomunicações da América Latina. Para o evento, que ocorrerá de 21 a 24 de outubro no Rio de Janeiro, são esperados mais de 12 mil participantes vindos de 48 países.

O objetivo da missão empresarial russa é estabelecer contato entre o mercado russo de operadores de TI, software, comércio eletrônico e telecomunicações e parceiros e clientes brasileiros, tanto empresas privadas quanto agências governamentais.

O Russian IT Day conta com o apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação do Brasil e dos governos do Rio de Janeiro e de Pernambuco.

No dia 17 de outubro, as empresas russas estiveram em Recife (PE), onde se encontraram com representantes dos ministérios brasileiros do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e da Ciência, Tecnologia e Inovação.

Também participaram do encontro representantes da Softex, Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro, e do Porto Digital, pólo de desenvolvimento de softwares criado pelo governo pernambucano em Recife.

TI no Brasil

De acordo com dados da Brasscom (Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação), o mercado brasileiro de tecnologia da informação é hoje um dos que cresce de forma mais rápida no mundo, movimentando em 2012 US$ 123 bilhões (cerca de R$ 265 bilhões), o equivalente a 5,2% do PIB (Produto Interno Bruto) nacional.

O Brasil possui o quinto maior mercado interno de TI do mundo, empregando cerca de 2,5 milhões de profissionais. Entre os setores que mais utilizam as tecnologias da informação estão os serviços financeiros, as áreas de comunicação e petróleo e gás e os órgãos governamentais.

Uma das áreas de maior expansão no mercado de tecnologia da informação é a de comércio eletrônico - compra e venda de produtos e serviços por meio de sistemas eletrônicos.

Dados do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação mostram que esse setor tem apresentado um crescimento anual superior a 20% nos útimos anos.

O aumento é consequência do crescimento do número de pessoas com acesso à internet no país.

Um estudo divulgado pelo Ibope no início de outubro concluiu que o país ultrapassou a marca de 100 milhões de internautas no primeiro trimestre de 2013, registrando um crescimento de 9% no número de pessoas conectadas em relação a 2012.

É de olho nesse mercado que as empresas russas vem ao país neste mês. Entre as participantes da missão empresarial estão o Projeto Goodwin, uma plataforma de comércio eletrônico, a Kuznech, empresa que trabalha no desenvolvimento de mecanismos de busca de imagens e vídeos, e a Sonda, que se dedica à elaboração de sistemas de identificação biométrica, como leitores de impressões digitais, desde 1991.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.