Ossétia do Sul aguarda reconhecimento de sua independência

Diplomata osseta afirmou que “gostaria de manter relações interestatais e de boa vizinhança com a Geórgia" Foto: Anton Agarkov / Strana.ru

Diplomata osseta afirmou que “gostaria de manter relações interestatais e de boa vizinhança com a Geórgia" Foto: Anton Agarkov / Strana.ru

Região espera que a comunidade internacional, principalmente a Geórgia, reconheça a sua independência, disse o representante da Ossétia do Sul em Moscou, Dmítri Medoev.

Durante um discurso na Academia Diplomática do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia na segunda-feira passada (9), Medoev declarou que a Ossétia do Sul “gostaria de manter relações interestatais e de boa vizinhança com a Geórgia”.

“É óbvio que isso será possível depois que o governo georgiano assumir a responsabilidade pela agressão contra a Ossétia do Sul e sua política de genocídio. Essa questão será levantada pela Ossétia do Sul nos debates em Genebra sobre a segurança na Transcaucásia”, disse o embaixador.

“O governo da Ossétia do Sul está decidido a se comprometer com os princípios da resolução de crises por meios pacíficos e civilizados, conforme as normas do direito internacional”, acrescentou Medoev.

 

Publicado originalmente pela ITAR-TASS

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.