Medvedev alerta Ucrânia contra estreitamento de laços com a UE

"“Não quero que haja qualquer ilusão, disse Medvedev durante reunião com seus vices Foto: DPA / Vostock Photo.

"“Não quero que haja qualquer ilusão, disse Medvedev durante reunião com seus vices Foto: DPA / Vostock Photo.

Primeiro-ministro russo alertou Kiev de que será barrada da União Aduaneira se assinar o acordo com a Europa.

O primeiro-ministro Dmítri Medvedev aumentou a pressão sobre a Ucrânia, nesta segunda-feira (9), para que recue nos planos de se juntar a um bloco comercial da União Europeia. Medvedev alertou Kiev de que será barrada da União Aduaneira (Rússia, Bielorrússia e Cazaquistão) se assinar o acordo com a Europa.

“Não quero que haja qualquer ilusão. Na prática, para os nossos parceiros ucranianos, a entrada na União Aduaneira estará fechada”, disse Medvedev aos vice-premiês durante a reunião semanal. “Trata-se de uma decisão política de extrema importância”, acrescentou o primeiro-ministro.

  

Publicado originalmente pelo The Moscow Times

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.