Cerca de 8 mil russos permanecem na Síria

Possível intervenção externa faz com que diplomacia russa reforçe recomendação de não seguir ao país Foto: Reuters

Possível intervenção externa faz com que diplomacia russa reforçe recomendação de não seguir ao país Foto: Reuters

Diplomata russo repetiu que os cidadãos russos atualmente na Síria têm a oportunidade de deixar o país.

Cerca de 8 mil russos permanecem na Síria, conforme os dados consulares, informou o enviado do Ministério dos Negócios Exteriores russo para o Oriente Médio, Serguêi Verchinin. 

"Damos recomendações sobre alguns países e espero que elas sejam levadas em consideração", completou o Verchinin.

Enquanto isso, não foram tomadas decisões adicionais para otimizar o trabalho na embaixada russa em Damasco. "O pessoal da embaixada é  dependendo de como a situação se desenvolve. Qualquer embaixada tem planos para cada ocasião. Mas nenhuma decisão adicional foi tomada até então", afirmou Verchinin. 

"Todos os cidadãos russos que estão atualmente na Síria têm a oportunidade de deixar o país. As recomendações para não viajar à Síria permanecem inalteradas", disse.

 

Publicado originalmente pela ITAR-TASS

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.