Número de falantes de russo nos EUA quadruplicou em 30 anos

Número de falantes de russo nos EUA aumentou 393,5% em 30 anos Foto: AFP / EastNews

Número de falantes de russo nos EUA aumentou 393,5% em 30 anos Foto: AFP / EastNews

Apesar do avanço do russo, censo confirmou que segunda língua mais falada continua sendo o espanhol.

O número de falantes de russo nos Estados Unidos quadruplicou ao longo dos últimos 30 anos, de acordo com um relatório do Departamento de Censo dos EUA divulgado esta semana.

O relatório intitulado “Uso de Línguas nos Estados Unidos: 2011” revela que o número de pessoas que falam russo em casa subiu de 173. 226 para 854.955 entre 1980 e 2010, o que representa um aumento de 393,5%.

Até 2011, o número de falantes da língua russa nos Estados Unidos era ainda maior, alcançando 905.843 pessoas.

Essa variação percentual só foi superada pela língua vietnamita, que aumentou 599,2% durante o mesmo período.

Porém, embora o russo esteja crescendo, o espanhol é, de longe, a língua mais comum nas casas americanas depois do inglês.

De acordo com o censo, 37,5 milhões de pessoas nos Estados Unidos falavam espanhol ou espanhol crioulo em casa em 2011, contra os cerca de 11 milhões em 1980.

O chinês é a segunda língua mais falada sem ser o inglês, com quase 2,9 milhões de falantes em 2011. 

 

Publicado originalmente pelo The Moscow News

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.