Rússia envia 36 toneladas de ajuda humanitária à China

Terremoto de magnitude 6,6 deixou cerca de 200 mortos na China Foto: Reuters

Terremoto de magnitude 6,6 deixou cerca de 200 mortos na China Foto: Reuters

Itens básicos e alimentos chegaram de avião a Sichuan, onde terremoto deixou mais de 13 mil feridos.

O Ministério para Situações de Emergência da Rússia enviou nesta terça-feira (30) dois aviões com ajuda humanitária a Sichuan, região no sudoeste da China atingida por um terremoto.

“O aeronave [Iliuchin] Il-76 vai entregar itens básicos e alimentos para a China; no total, serão cerca de 36 toneladas de carga”, informou o ministério em um comunicado divulgado na segunda-feira.

No último dia 20, um terremoto um terremoto de magnitude 6,6 atingiu Lushan, a província de Sichuan,  matando cerca de 200 pessoas e deixando mais de 13 mil feridos.

Estima-se que 2 milhões de pessoas foram afetadas pelo tremor.

No domingo passado, o Ministério para Situações de Emergência já havia anunciado o primeiro envio de mais de 13 toneladas métricas de ajuda humanitária a Sichuan.

 

Publicado originalmente pela RIA Nóvosti

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.