Por que Charles 3º é chamado de Karl 3º na Rússia?

Jason Cairnduff/WPA Pool/Getty Images
Explicamos por que o primeiro nome do monarca inglês tem uma transcrição diferente no idioma russo.

A língua russa tem uma maneira peculiar de nomear os monarcas ingleses. George 5º em russo é chamado Georg, Henry 8º é conhecido como Genrikh, e agora Charles 3º – Karl 3º.

Retrato de Charles 1º Stuart, Rei da Inglaterra (1600-1649)

Essa forma de nomear monarcas ingleses (e outros europeus) na Rússia vem da época em que a correspondência diplomática na Europa era realizada em língua latina – antes de meados do século 17. Depois disso, a língua francesa tornou-se lentamente a língua franca diplomática, mas a língua diplomática russa foi influenciada principalmente pelo latim.

“Os primeiros nomes dos monarcas franceses, espanhóis, italianos, alemães e ingleses foram formados com base na língua latina”, diz o linguista Dmítri Petrov. “O nome Karl, que é de origem alemã, soava como Carolus em latim. Na Inglaterra, pronunciava-se Charles; em francês; Charle; e em Portugal, Carlos. Mas, em nível internacional, era Carolus, de acordo com as regras da língua latina. A historiografia russa e os documentos diplomáticos preservaram tal forma de pronúncia e escrita dos nomes de monarcas da Europa Ocidental.”

Rei Charles 3º acena para o público depois de homenagens à falecida rainha Elizabeth 2º, próximo ao Palácio de Buckingham, em 9 de setembro de 2022 em Londres

As formas latinas dos nomes dos monarcas também eram escritas em moedas inglesas cunhadas antes do século 18 – por exemplo, Georgius, Iacobus, Henricus. Na época, o dinheiro era uma maneira importante de aprender o nome do monarca – a maioria dos russos de então não tinha acesso a documentos diplomáticos, mas podiam encontrar uma moeda com o nome de um monarca inglês (se fossem comerciantes ou militares).

Moeda de ouro martelado inglesa com o nome do monarca em latim

Assim, os Charleses da Inglaterra na Rússia eram conhecidos há muito tempo como Carolus (pronuncia-se Karlus em russo). 

Por exemplo, quando o tsar Aleksêi Mikhailovitch soube da execução de Charles 1º, em 1649, um de seus decretos dizia: “Os ingleses cometeram um grande mal, seu soberano, Karlus, o rei, foi assassinado, e por isso, eles não devem estar no Tsarado da Moscóvia.”

Do mesmo modo, os nomes de outros monarcas europeus são transcritos em russo do latim; o francês Luís 14º é chamado Ludovik em russo – de Ludovicus em latim. 

LEIA TAMBÉM: Raízes russas do rei Charles 3º

Caros leitores e leitoras,

Nosso site e nossas contas nas redes sociais estão sob ameaça de restrição ou banimento, devido às atuais circunstâncias. Portanto, para acompanhar o nosso conteúdo mais recente, basta fazer o seguinte:
Inscreva-se em nosso canal no Telegram t.me/russiabeyond_br

Assine a nossa newsletter semanal

Ative as notificações push, quando solicitado(a), em nosso site

Instale um provedor de VPN em seu computador e/ou smartphone para ter acesso ao nosso site, caso esteja bloqueado em seu país.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies