Fotos raras do cotidiano do cosmonauta Iúri Gagárin

Iúri Abrámotchkin/russiainphoto.ru; TASS
Todo mundo viu as imagens do primeiro homem a ir ao espaço em seu escafandro. Mas como era esse herói na vida real?

Depois de 12 de abril de 1961, Iúri Gagárin se tornou um verdadeiro herói e super estrela. Todo mundo na União Soviética se orgulhava dele e feliz em vê-lo até de longe.

Gagárin provinha de uma família pobre no interior da Rússia. Ele não era muito alto, mas era muito humilde e encantava a todos com seu sorriso. Seus contemporâneos lembram que ele era muito tranquilo. Ele não estava pronto para a enorme fama que o tomou de repente. E ele continuou a ser uma pessoa tímida e quieta, sempre honesto e bom.

Gagárin posa em 1965.

Preparando-se para saltar de paraquedas, 1960.

Gagárin posa em seu carro, 1961.

Exercícios matinais, 1961.

Puxando ferro para as câmeras, 1963.

De férias em Sôtchi, 1961.

Jogando sinuca, 1961.

Pescando em sua aldeia nativa, 1961.

Gagárin de férias, 1965.

Gagárin em seu escritório, 1967.

Gagárin amava muito sua esposa Valentina (que morreu em março de 2020) e as duas filhas: Elena (que é diretora dos Museus do Kremlin) e Galina (professora universitária de economia).

Gagárin e a mulher, Valentina, com Galina recém-nascida, 1961.

O hobby da fotografia, 1963.

Gagárin lê com as filhas, 1965.

Gagárin com a filha Galina de férias, 1966.

Gagárin se diverte com a família, 1967-1968.

Amigos e colegas lembravam que Gagárin gostava de se divertir e rir. O engenheiro Evguêni Chilnikov, que trabalhava com Gagárin, lembrou que o primeiro homem a ir ao espaço tinha uma piada favorita que adorava de contar no trabalho.

“Um pardal voa nos céus e de repente um foguete voa em sua direção em alta velocidade. O pardal pergunta: ‘Por que você está voando tão rápido?’ E o foguete responde: ‘Se alguém queimar sua bunda, você voará ainda mais rápido!’"

Gagárin de férias na Crimeia, 1961.

Os cosmonautas Iúri Gagárin, Valentina Terechkova e Aleksei Leônov, 1965.

Rodando um programa televisivo de Ano Novo, 1963.

Iúri Gagárin e o fotógrafo Iúri Abramotchkin, 1961.

Gagárin jogando hóquei, 1963.

Gagárin posa com amigos em piquenique, 1963.

Gagárin fantasiado, 1965.

Os cosmonautas Iúri Gagárin (esq.) e Aleksêi Leônov fantasiados durante as celebrações do Dia de Netuno, 1965.

LEIA TAMBÉM: 9 curiosidades inéditas do primeiro voo do homem ao espaço

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies