A URSS na década de 1930 através da lente de uma fotógrafa norte-americana

Margaret Burk-White/МАММ/МDF/russiainphoto.ru
A lendária Margaret Bourke-White foi a primeira fotógrafa norte-americana a visitar a URSS na década de 1930. Ela abriu aos olhos do Ocidente não apenas as grandes instalações industriais, mas também a vida cotidiana, as paisagens, as pessoas. Como resultado de sua incursão, produziu um retrato volumoso e vívido do início da URSS.

Inicialmente, Margaret visitou, é claro, a capital do Estado soviético, Moscou. Ela fotografou a vida dos bolcheviques e também deu uma espiada nos bastidores do Teatro Bolshoi.

Hospital infantil em Moscou. Fila de espera.

Filhos de bolcheviques na creche da fábrica de automóveis AMO (Sociedade Automobilística de Moscou, posteriormente, ZIL)

Motorista de Bonde em Moscou.

No circo.

Escola de balé de Moscou.

Marina Semionova, prima ballerina do Teatro Bolshoi.

A fotógrafa estava interessada na vida das mulheres e nas aldeias, e tirou uma série de fotos de encher os olhos do interior soviético.

Serenata soviética.

Escola rural.

Borsch.

Estepe ucraniana.

A fotógrafa também visitou a terra natal de Stálin, a Geórgia, e fez retratos exclusivos da avó e da mãe do ditador.

Mtskheta, a antiga capital da Geórgia.

Ekaterina Djugachvili, mãe de Stálin.

Tia-avó de Stálin.

À beira da Ásia. Estação Magnitnaia.

A fotógrafa também foi a fábricas, viu a construção da hidrelétrica de Dnieper, visitou os Urais e tirou fotos incríveis da industrialização soviética. Fábricas, construções e retratos incríveis de trabalhadores trouxeram, mais tarde, grande fama a Margaret nos Estados Unidos.

Construção na metalúrgica de Magnitogorsk, nos Urais.

Fundidor de aço.

Brigadista de choque

Camarada Mikhail, pedreiro siberiano.

Fábrica de tratores em Stalingrado (hoje, Volgogrado).

Hugh Cooper, engenheiro americano, consultor-chefe na construção da Dneprostroi.

LEIA TAMBÉM: 3 cidadãos dos EUA que cumpriram pena em prisões soviéticas

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies