3 aeronaves secretas de Hitler capturadas pelo exército soviético

Domínio público
Após vitória sobre a Alemanha nazista, pilotos soviéticos tiveram acesso aos Wunderwaffen ("armas maravilhosas") de Hitler. Assim, três caças revolucionários criados por engenheiros alemães para liderar o triunfo do Terceiro Reich acabaram com estrelas vermelhas soviéticas em suas fuselagens.

1. Messershmitt Me 262, a andorinha do Führer

Apelidado de "Schwalbe" (do alemão, “andorinha"), este foi o primeiro avião de combate a jato do mundo a realizar o primeiro voo em 1944. Originalmente projetado como um caça, este avião, que aterrorizou as tripulações de bombardeiros, também realizava tarefas de ataque ao solo e de reconhecimento.

Depois da guerra, o Exército Vermelho conseguiu capturar diversos Me 262. Essas aeronaves influenciaram o desenvolvimento dos primeiros aviões a jato de combate soviéticos, como o Sukhoi Su-9 e o Su-11.

2. Messerschmitt Me 163 "Komet"

O Me 163 "Komet" (do alemão, "cometa") foi o único avião com motor de foguete da Segunda Guerra Mundial. Apesar de seu design revolucionário e das incríveis caraterísticas técnicas (em 1944, o piloto de testes Rudy Opitz atingiu a velocidade de 1.123 km/h), ele era ineficaz como caça, devido à curta duração de seu combustível. Além disso, o avião era altamente corrosivo e instável. O Me 163, apelidado de "vassoura do diabo", derrubou apenas 16 aviões inimigos.

Os pilotos soviéticos voaram em aeronaves Me 163 utilizando-as apenas como planador. Devido ao risco da falta de combustível C-Stoff, o motor utilizava um propelente resultante da mistura de dois componentes fortemente reativos, que causaram uma série de acidentes.

Assim, o Me 163 era levado aos céus por um Tu-2 e então o piloto testava o avião durante a queda livre. Esses testes eram perigosos porque o Me 163 era muito mais pesado que um planador normal e descia a uma velocidade muito alta.

3. Heinkel He-162: caça do povo

Apelidado de “Volksjäger" (do alemão, "caça do povo"), ele foi o terceiro caça a jato a entrar ser usado na Luftwaffe durante a Segunda Guerra Mundial. Era construído principalmente com madeira, devido à escassez de outros materiais. Entrou em combate em abril de 1945, apenas um mês antes do fim da guerra na Europa. Diversos He 162 foram perdidos devido a falhas estruturais.

Em maio de 1945, após a rendição de todas as forças alemãs na Holanda, Dinamarca e noroeste da Alemanha, todas as aeronaves capturadas foram transferidas para os Estados Unidos, França, Reino Unido e URSS para serem avaliadas e testadas.

LEIA TAMBÉM: Por que pilotos soviéticos bombardearam Berlim quando os nazistas estavam às portas de Moscou?

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies