Site disponibiliza árvore genealógica e mapa com destino dos Romanov

Arquivo
Projeto on-line reúne informações e curiosidades sobre os membros da última família imperial da Rússia.

Na noite de 16 para 17 de julho de 1918, a família do último imperador da Rússia, Nicolau 2º, foi assassinada no porão da Casa Ipatiev, em Iekaterinburgo. Neste ano, para marcar o centenário da tragédia, a agência TASS criou um projeto chamado “The Romanovs Twilight” (O Crepúsculo dos Romanov), com histórias dos Romanovs que testemunharam os eventos de 1917 – quando a revolução deu fim à monarquia.

O projeto consiste em três partes: árvore genealógica, anos de vida e mapa.

Cada um ilustra a trajetória de êxodo das últimas três gerações: a de Aleksandr 3º, Nicolau 2º e tsarevitch Aleksêi. Também apresenta histórias pessoais de todos os representantes da Casa Imperial Romanov, incluindo passatempos, medos e segredos.

“The Romanovs Twilight” também traça os caminhos de 62 membros da família Romanov ainda vivos em 1917. Dezessete deles foram mortos pelos bolcheviques, e os outros 45 conseguiram escapar da Rússia e se estabelecer no exterior.

Embora pertencessem à família imperial, nem todos os Romanov tinham sangue russo. Saiba mais aqui.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies