Moda soviética: como as roupas ajudavam as pessoas em momentos difíceis

Yuri Belinsky/TASS
Primeira grife soviética surgiu logo após o Cerco a Leningrado.

O que poderia ser mais inapropriado do que uma grife de moda funcionar em meio a uma guerra terrível? A verdade é que, longe de ser inadequada, a moda foi um testemunho de coragem do povo de Leningrado (hoje São Petersburgo) e sua vontade de viver.

Durante o Cerco a Leningrado, que causou a morte de 630 mil pessoas, os moradores de Leningrado ouviam poemas de Anna Akhmatova e Olga Berggolts no rádio e em alto-falantes. Teatros, cinemas, clubes de jazz e bibliotecas continuaram funcionando, para manter o ânimo das pessoas.

Imediatamente após a expulsão dos nazistas, a vida cultural da cidade reviveu com mais força e vigor.

Em abril de 1944, a primeira casa de moda soviética foi inaugurada na rua Nevsky Prospect, na Casa Mertens, um edifício onde funcionava uma loja de peles antes da Revolução de 1917. Hoje, o local abriga uma enorme loja da marca Zara.

Durante a era Brejnev, em meio à estagnação econômica, a moda soviética levou um pouco de frescor para os trabalhadores, criando estampas coloridas e roupas e acessórios para as fábricas de costura.

Veja abaixo alguns dos melhores trajes criados, vestidos por modelos fotografadas em meio a cenários de Leningrado. Os anúncios de moda foram divulgados não apenas na União Soviética, mas também no exterior.

(Todas as legendas são da época original)

Sobretudo de outono à prova d’água com detalhes em pele, 1970.
Conjunto de tweed com saia alongada e jaqueta de cintura curta, 1970.
Conjunto com calça e lenço brilhante, 1970.
Vestido de verão e jaqueta de seda longa, 1970.
Casaco e vestido de noite, 1968.
Vestido jovem de veludo vermelho, 1969.
Conjunto e vestido com estampas russas, 1969.
Capa de chuva com zíper e vestido com gravata colorida, 1968.
Visual elegante, 1972.
Sobretudo de pele de raposa platinada apresentado na Casa de Modelos de Leningrado, 1982.
Elegante conjunto de noite feito de seda e tecidos de lingerie, 1984.
Casa de Modelos de Leningrado apresenta roupas em estilo retrô próximo ao edifício do Almirantado, 1984.

Gostaria de continuar lendo sobre o assunto? Leia "Russo inaugura agência para modelos com mais de 60 anos"

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies