Neste dia: nascia o diretor teatral Iúri Liubímov

Por criticar governo, Liubímov perdeu a cidadania soviética e apenas em 1988 recebeu autorização para retornar ao país.

Por criticar governo, Liubímov perdeu a cidadania soviética e apenas em 1988 recebeu autorização para retornar ao país.

Právda Komsomólskaia/Global Look Press
Dramaturgo foi um dos principais nomes do teatro na Rússia e completaria 100 anos em 2017.

Nascido em 30 de setembro de 1917, Iúri Liubímov foi um diretor teatral de extrema importância para a Rússia. Ele assumiu o comando do Teatro Dramático Taganka, em Moscou, em 1964, e com seus atores, recriou o teatro de vanguarda russa da década de 1920.

Uma série de escândalos circundou Liubímov no início dos anos 1980, porém, com muitas de suas peças banidas e críticas suas ao governo soviético.

Como resultado, ele perdeu a cidadania soviética e apenas em 1988 recebeu autorização para retornar ao país, onde continuou a dirigir peças no Teatro Taganka.

Iúri Liubímovmanteve-se como diretor do teatro até surgir um conflito entre ele e a companhia de artistas, em 2011, resultando em sua saída.

Mas ele continuou a encenar produções no Teatro Vakhtángov e no Teatro Bolshói, onde montou “Príncipe Ígor”.

Ele morreu em 5 de outubro de 2014, em Moscou, poucos dias após seu aniversário de 97 anos.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.