Metrô de Moscou apresenta projeto de duas novas estações

Assessoria de Imprensa da Mosinzhproekt
Elas farão parte de uma nova linha que será construída na zona sul da cidade.

As futuras estações de metrô Ostrov Mechty e Lebedianskaya, no sul da capital russa, acabam de receber a aprovação de seus projetos em uma licitação pública, segundo a revista online Moskvich Mag.

Para a primeira, o estúdio de arquitetura Totement/Paper propôs um projeto que reflete a união dos mundos subterrâneo e da superfície, com referências a mitos e representações da antiguidade.

Ostrov Mechty
Ostrov Mechty

Para isso, os designers planejaram usar padrões em preto e branco nas paredes e no teto, e os principais materiais de acabamento serão metal e granito polido.

Ostrov Mechty
Ostrov Mechty
Ostrov Mechty

A estação Lebedianskaya (lê-se Lebediánskaia), projetada pela UNK interiores, será uma ode ao desenvolvimento da indústria russa. A estrutura central com um furo que lembra uma chapa de metal laminada será o núcleo da composição.

Lebedianskaya
Lebedianskaya

Além do valor estético, este elemento terá uma função prática, já que ocultará as colunas de suporte e dividirá a estação em duas áreas independentes para facilitar a movimentação.

Lebedianskaya
Lebedianskaya

Ambas as estações serão integradas à futura linha Biriouliovskaia, cuja construção será concluída até ao final de 2026. Serão 22,2 quilômetros de extensão e 10 novas estações.

LEIA TAMBÉM: 5 estações FANTASMA do metrô de Moscou

Caros leitores e leitoras,

Nosso site e nossas contas nas redes sociais estão sob ameaça de restrição ou banimento, devido às atuais circunstâncias. Portanto, para acompanhar o nosso conteúdo mais recente, basta fazer o seguinte:
Inscreva-se em nosso canal no Telegram t.me/russiabeyond_br

Assine a nossa newsletter semanal

Ative as notificações push, quando solicitado(a), em nosso site

Instale um provedor de VPN em seu computador e/ou smartphone para ter acesso ao nosso site, caso esteja bloqueado em seu país.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies