‘Bansky dos Urais’ espalha grafite em árvores para salvar a natureza

Obras protegem a madeira do processo de decomposição.

De uns tempos para cá, os moradores de Iekaterimburgo começaram a observar o surgimento de grafite em árvores. Os trabalhos são feitos por um artista desconhecido nas tocas das árvores, protegendo assim a madeira do processo de decomposição. As obras ganharam reconhecimento nacional após reportagem do “Komsomolskaya Pravda”. 

Em suas pinturas, o artista deixa apenas um link para seu perfil no Instagram, na intenção de manter o anonimato. Em entrevista ao jornal, o “Banksy dos Urais” explicou como trabalha com as árvores. Segundo ele, suas pinturas levam de horas a dois dias para ficarem prontas.

“O que eu faço não é apenas pintar a madeira. Primeiro preparo cuidadosamente o primer, retiro as partes podres, aplico o antisséptico e, a seguir, uma camada protetora de tinta. E só depois começo a pintar”, disse a artista.

Em Iekaterimburgo há um total de seis obras concluídas, com paisagens florestais e marinhas. O autor está produzindo atualmente mais quatro trabalhos, mas não se sabe exatamente onde. O artista autodidata, que diz pintar tanto nos fins de semana quanto nos dias de semana, é, na realidade, dentista por profissão.

LEIA TAMBÉM: Por que Moscou é a capital mais verde do mundo?

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies