Gari russo com deficiência arrecada US$ 9 mil após sessão de fotos como modelo; confira

Roman Filippov
Fotógrafo organizou sessão para seu vizinho Iura como se ele estivesse posando para uma revista de moda masculina. Depois de postar as fotos e contar a história de Iura nas redes sociais, ele conseguiu levantar dinheiro suficiente para pagar as dívidas pendentes do amigo.

O gari Iura, da cidade russa de Ufá, na região do Volga, recebeu mais de 650 mil rublos (aproximadamente US$ 9.000) em doações, que serão usados para quitar suas dívidas. A ideia da arrecadação partiu de seu vizinho, o fotógrafo Roman Filippov.

Em sua página na rede social VK, Roman publicou uma sessão de fotos de Iura contando um pouco de sua história. De brincadeira, o gari foi parar até mesmo na capa da revista GQ.

“Ele cresceu em um orfanato e pertence ao grupo 3 de deficientes com distúrbios do desenvolvimento [mental]. Ele não está apto a [ter] uma vida independente”, escreve Roman.

Eles se conheceram quando crianças em um acampamento para crianças com deficiência, onde a mãe de Roman trabalhava. Roman e seu irmão passavam os verões lá. Quando Iura cresceu, ele conseguiu um emprego como faxineiro. De vez em quando, ele visitava a mãe e a avó de Roman, que mais tarde o ajudaram a conseguir um quarto do Estado.

Roman contou que Iura era vítima de fraude: golpistas o fizeram ceder seu quarto para “boas pessoas” por três vezes (conseguiam obtê-lo de volta por meio da Justiça), o mantiveram como escravo em uma aldeia nos arredores de Ufá por um ano inteiro, e depois o obrigaram a pegar empréstimos de alto valor. A maior parte de sua pensão por invalidez e salário iam para pagar essa dívida – até que a família de Roman descobriu sua história.

“A maioria das pessoas não percebe, para elas ele é apenas pó. Mas ele não é culpado por sua vida. Nem todos nascemos nas mesmas condições e com as mesmas oportunidades”, escreveu.

Em apenas um dia, foram arrecadados cerca de 657 mil rublos para pagar a dívida, e a “história do gari Iura” tornou-se uma das mais comentadas na internet russa.

“Um pouco mais de sorte e ele pode parar na capa da GQ de verdade. Afinal, todos invejarão sua bondade e força de espírito”, arrematou Roman.

LEIA TAMBÉM: Como os russos lutam contra a depressão em cidadezinhas do interior

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies