Banco do Brics ajudará a limpar lago Baikal

Getty Images
Instituição financeira injetará US$ 354 milhões em projeto para combater a poluição do maior lago do mundo.

O Ministério da Construção da Rússia espera receber um empréstimo de US$ 354 milhões do NBD (Novo Banco de Desenvolvimento do Brics) para modernizar esgotos e instalações de tratamento de água na região do Baikal, a fim de salvar o lago da poluição.

"O projeto será financiado pelo acordo entre o governo russo e a organização financeira internacional. A transação fará parte do programa de empréstimos externos da Rússia para o período de 2021-2023", declarou o porta-voz do Ministério ao jornal russo Izvéstia.

Espera-se que o acordo seja assinado em novembro de 2021, e a implementação do projeto levará até seis anos.

"O Ministério das Finanças já assinou um acordo preliminar sobre o empréstimo. Seus termos serão discutidos após a publicação da ordem governamental. Por parte da Rússia, o projeto já foi aprovado", disse o porta-voz.

O principal objetivo do projeto é o tratamento máximo das águas domésticas e pluviais descarregadas no lago Baikal. Segundo o Ministério, especialistas pretendem modernizar os sistemas de drenagem, construir novos sistemas de recolha e limpeza de águas pluviais e fazer todo o possível para prevenir a poluição ambiental por meio da descarga de águas residuais não tratadas.

LEIA TAMBÉM: Rússia removerá objetos nucleares perigosos despejados em águas no Ártico

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies