Segunda Guerra pelo olhar das mulheres: 10 fotos que recontam o drama do conflito mundial

Olga Lander/Sputnik
Destruição, miséria, medo. Cliques extraordinários de Natalia Bode, Olga Ignatovitch, Olga Lander, Elizaveta Mikulina e Galina Sanko revelam a sensibilidade feminina nos campos de batalha durante a Grande Guerra Patriótica.

Os conflitos militares são geralmente retratados pelo olhar dos homens, desde soldados nos campos de batalha a fotojornalistas que acompanham os confrontos nas trincheiras, arriscando-se para mostrar ao mundo o que ocorre em zonas de guerra.

Mas há outra face – menos conhecida – da guerra: a das mulheres, que lutaram entre granadas e tanques, resgataram os soldados feridos, guiaram aviões e desafiaram o inimigo durante a Segunda Guerra Mundial. Assim como fotojornalistas, espectadoras silenciosas da tragédia que estava ocorrendo diante de suas lentes.

Natalia Bode, Olga Ignatovitch, Olga Lander, Elizaveta Mikulina e Galina Sanko contribuíram com a história publicando fotografias tiradas durante a Grande Guerra Patriótica, capazes de contar a vida sob as bombas com certa poesia dramática.

O Russia Beyond selecionou 10 de suas fotografias, que oferecem uma perspectiva única da guerra que custou milhões de vidas à União Soviética.

Arco de Kursk
Entregando leite a soldados
Produção de munição em fábrica de Moscou
Encontro de Aliados nos arredores de Viena
Funcionária de fazenda coletiva Anastassia Vetrenkova com criança nas ruínas de sua casa
Soldados soviéticos nas ruas de Berlim em ruínas
Apresentação para feridos em recuperação
Avô e neto retornam para casa após libertação

LEIA TAMBÉM; Como as mulheres soviéticas que dirigiam tanques tocaram terror nos nazistas

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies