‘Garota dos cílios congelados’ repete proeza em frio extremo na Sibéria

Um ano atrás, Anastassia Gruzdeva já havia postado uma foto no Instagram mostrando os cílios congelados depois de ficar ao ar livre aos -47°C.

E o feito se repetiu em 2019. “Você achou que eu não tiraria uma foto semelhante neste ano?”, escreveu Gruzdeva em sua conta no Instagram. 

A siberiana destaca, porém, que o inverno deste ano está “mais quente”. Em vez dos 47°C negativos registrados em 2018, os termômetros da república russa da Iakútia, onde a jovem mora, vêm batendo, em média, -44°C.

VEJA TAMBÉM: Siberiana choca o Instagram com fotos dos mosquitos no verão 

Ainda assim, em algumas áreas remotas da região, a temperatura já está se aproximando dos 60°C negativos.

Depois de o post de Gruzdeva viralizar no ano passado, diversos usuários perplexos com os cílios da garota questionaram como as pessoas podem viver em condições tão extremas.

Cabe lembrar, porém, que a República da Iakútia abriga ainda o lugar habitado mais frio da Terra, a cidade de Oimiakon – que já chegou a registrar -76°C.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies