Putin possuía identidade da Stasi, a polícia secreta da Alemanha Oriental. Mas o que isso significa?

Getty Images
O que indica a descoberta? Por que há um carimbo faltando? E por qual motivo o atual presidente estava desviando o olhar da câmera? Confira estas e outras respostas sobre o documento recém-achado em Dresden, no leste da Alemanha.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, possuía uma carteira de identidade emitida pela Stasi, a polícia secreta da Alemanha Oriental. A revelação foi feita por um arquivista de Dresden, onde Putin atuava como agente do serviço secreto soviético KGB. O documento, que até então era desconhecido, foi emitido no ano de 1985 e renovado por diversas vezes até a queda do Muro de Berlim, em 1989.

Confira abaixo 6 questões sobre a recente descoberta: 

O que é a Stasi? 

Edifício da antiga Stasi em Dresden

Stasi é a abreviatura para Staatssicherheitsdienst, ou Ministério para a Segurança do Estado, que era a principal organização de polícia secreta e inteligência da República Democrática Alemã (Alemanha Oriental).

O serviço era conhecido por sua extensa rede de informantes e vigilância da população do país. Embora a Stasi fosse baseada na KGB e imitasse práticas de trabalho da polícia secreta soviética, tratava-se de uma organização independente, com sua própria estrutura interna.

A identidade significa que Putin trabalhava para a Stasi?

Putin em meio a grupo de oficiais soviéticos, bem como oficiais militares e de segurança alemães do escritório regional da Stasi em Dresden

Não. Embora a carteira de identidade com a foto de Vladimir Putin e o que parece ser sua assinatura tenha sido emitida pela Stasi, isso não significa que ele estivesse em sua estrutura. Todos os oficiais de ligação da KGB baseados na Alemanha Oriental enquanto a organização existiu recebiam automaticamente a carteira de identidade da Stasi, concedendo-lhes acesso à sede local do órgão, a seus informantes e informações.

O atual presidente russo atuou em Dresden, na Alemanha, como oficial da KGB de 1985 ao início da década de 1990. A carteira de identidade pode indicar que as tarefas de Putin como agente da KGB em Dresden poderiam incluir a comunicação ou a coordenação entre sua organização-matriz e a Stasi.

Por que o jovem Putin desvia o olhar da câmera?

Putin vestido com uniforme da KGB, em meados dos anos 1980

A foto do agente da KGB, que possuía então 33 anos, parece incomum a algumas pessoas: Putin deliberadamente desvia o olhar da câmera, com a cabeça pouco inclinada para demonstrar simultaneamente a frente e a lateral do rosto.

LEIA TAMBÉM: Quando Putin era agente na Alemanha Oriental 

Fotos disponíveis de carteiras de identidade emitidas pela KGB antes de 1990 mostram que essa técnica era usada com frequência. Esse ângulo dá impressão de uma visão um pouco melhor da aparência da pessoa, demonstrando a frente e a lateral do rosto em uma única fotografia. Ao desviar o olhar, Putin deve ter simplesmente seguido as instruções do fotógrafo.   

O que são esses carimbos no verso da carteira?

Esses são carimbos de validação necessários para garantir que a carteira não esteja desatualizada e evitar uma possível violação de segurança. A carteira era validada uma vez a cada trimestre.

Percebe-se, porém, que o carimbo de validação do último trimestre de 1986 não está presente. Isso pode ter sido mera negligência por parte da Stasi ou que Putin não precisou de seu acesso aos recursos da Stasi durante esse período. O motivo exato para a ausência desse carimbo é desconhecido. 

O que significa a palavra alemã na frente da identidade?

Bezirksverwaltung refere-se ao distrito onde a carteira foi emitida. No caso de Putin, foi em Dresden, cidade na qual estava baseado quando era oficial da KGB.

Qual foi a reação de Putin à descoberta?

Dmítri Peskov

O presidente da Rússia não comentou sobre a descoberta da carteira de identidade da Stasi. Entretanto, o porta-voz do Kremlin, Dmítri Peskov, assumiu que, uma vez que a KGB e a Stasi mantinham uma cooperação, pode ter havido a possibilidade de esse tipo de carteira ser emitida ou trocada.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies