Avião da Air France faz pouso de emergência na Sibéria, e passageiros são “trancados” em hotel

Sem visto, viajantes não puderam deixar estabelecimento durante os 3 dias em território russo.

Os passageiros de um voo da Air France que seguia de Paris a Xangai ficaram assustados quando o avião foi obrigado a fazer um pouso de emergência em Irkutsk, na Sibéria, no último domingo (11). Segundo informou o site de notícias local SIA, havia fumaça saindo da cabine no momento da chegada.

Todos os 280 passageiros a bordo saíram em segurança e foram instalados em hotéis em Irkutsk enquanto aguardavam por outro voo. No entanto, eles não estavam autorizados a se aventurar fora do estabelecimento porque não tinham visto russo. Muitos deles publicaram fotos melancólicas nas redes sociais: 

Na manhã seguinte, outra aeronave da Air France chegou à cidade siberiana para resgatar os passageiros.

Mas, quando pensavam que iriam finalmente partir para o destino final, foi identificado outro problema técnico no segundo avião, o que impediu a decolagem. Desta vez, vazamentos de fluidos hidráulicos os mantiveram em solo, e eles tiveram que retornar ao hotel.

O avião com os 280 passageiros partiu de Irkutsk na manhã desta quarta (14).

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies