Leopardo faz ‘sessão de selfies’ em armadilha fotográfica no Extremo Oriente Russo; veja

Recurso usado para estudar vida selvagem em reserva despertou curiosidade do felino.

A Reserva Natural da Terra do Leopardo, localizada na região de Primorie, no Extremo Oriente russo, publicou na internet uma série de imagens de um leopardo intrigado com uma armadilha fotográfica.

LEIA TAMBÉM Como os animais do Zoológico de Moscou tentam fugir desde os anos 1920

“É um leopardo jovem do Extremo Oriente, que foi registrado pela primeira vez no campo de visão das câmeras em 2016. Segundo especialistas, ele tem agora apenas quatro anos de idade, como indicado na legenda que aparece nas fotos. Sem ter esgotado seu interesse juvenil pela vida, o leopardo Leo 99M [como é identificado] estudou com curiosidade as armadilhas fotográficas encontradas”, lê-se em uma nota da Reserva.

O quadrúpede se dedicou, de fato, a uma sessão de fotos, e os internautas foram surpreendidos pela beleza do animal. “O leopardo, quanta graça há nele! A beleza desta fera é simplesmente fascinante”, disse um dos usuários na internet.

“Ao observar esse leopardo por três anos, os especialistas puderam ver como ele amadureceu na aparência e no comportamento. Antes peludo e tímido, durante a última gravação das fotos, ele já mostrou aspecto de um adulto e mais seguro de si mesmo”, dizem os especialistas da Reserva Natural.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies