Sem conclusões, investigação sobre massacre na Crimeia prossegue; tragédia deixou 21 mortos

As instituições de ensino na Crimeia estão agora sob proteção reforçada, pois não se sabe se atirador contou com cúmplices. Na última quarta (17), um estudante abriu fogo dentro de sua escola na cidade de Kerch.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies