Como adotar ou comprar um gato na Rússia

Legion Media
Eis aqui algumas dicas sobre como pega um gatinho de um abrigo ou comprar um com pedigree de um criador confiável.

Você precisa ou quer um companheiro felino na Rússia? Junte-se ao Exército dos amantes e donos de gatos! Na Rússia, não há impostos e taxas de licença para possuir um animal de estimação, então, encontrar o bichano perfeito deve ser bem fácil.

Como encontrar um criador confiável

Na Rússia, o preço de um filhote de gato com pedigree será maior se for para participar de competições. A melhor maneira de encontrar um criador é visitando uma exposição de gatos (calendário em russo) e pedir contatos. Em Moscou, grandes eventos são realizados durante todo o ano, por isso, há muitas oportunidades de conhecer criadores.

Outra opção é encontrar um criador on-line (lista de criadores em russo) e contatá-los diretamente. Alguns deles possuem também sites em inglês (como esse criador de gatos siberianos em Moscou, Maine Coon’s e Cornish Rexes).

Antes de comprar o seu gato, o criador deve mostrar todos os documentos relevantes com informações sobre o animal e suas vacinas. Se quiser participar de competições, também deve-se pedir o certificado de pedigree (no gatil ou em um centro local de felinos).

Um gatinho deve ter, pelo menos, 12 semanas antes de ser vendido, mas normalmente é possível reservá-los antes de nascer. É melhor que o criador também mostre os pais do gatinho para que se possa ver a linhagem.

A maioria dos criadores trabalha apenas com uma raça, de modo que sabem tudo sobre ela, e os donos podem consultá-los sobre dúvidas depois de levar o gato para casa.

Por último, assine um acordo com o criador. Não é uma boa ideia comprar um gato por classificados, pois os criadores mais comuns e confiáveis ​​geralmente não se promovem dessa forma.

5 raças de gatos nativas da Rússia

Azul russo. Reza a lenda que os marinheiros ingleses levaram esses lindos gatos cinzentos tingidos de azul de Arkhanguelsk, cidade portuária no norte da Rússia.

Siberiano. Esses gatos grandes e fofos são muito populares na Rússia. A pelagem longa os protege do frio siberiano – por isso, deve-se usar escovas com frequência.

Donskoy Sphynx é ótimo para pessoas com alergias de pele. Apesar de sua aparência severa (para não dizer, estranha), eles são muito amigáveis.

Neva Masquerade são gatos colorpoint de pelos compridos e olhos azuis brilhantes. O nome deriva de sua aparência – eles parecem usar uma máscara.

Bobtail das Curilas não têm medo de água e podem até pegar peixes. Mas, claro, eles preferem um humano para alimentá-los.

Como adotar um gato de um abrigo

Na Rússia, existem abrigos particulares e municipais na maioria das grandes cidades (confira os de Moscou em russo), e, para encontrar um gato, basta selecioná-lo em seu site ou escrever para o abrigo.

Valentina Pakhomova, de São Petersburgo, que há alguns anos adotou um gatinho do abrigo Gatos do Hermitage (link em russo), diz que os voluntários costumam perguntar se o futuro dono possui redes de proteção na janela e outros animais de estimação. Eles podem verificar suas condições de vida e até mesmo levar o gato para sua casa para se certificar de que tudo está conforme o ideal. Para quem já possui outro animal de estimação, também ajudam na adaptação do novo companheiro.

“Se um voluntário notar que você não cuida de seus animais de estimação, eles não deixarão o felino em sua casa”, diz Valentina.

Todos os animais de estimação de abrigos são vacinados, castrados e vermifugados. Ao adotar um gato, é preciso assinar um acordo. 

Como levar um gato para casa

Cada país tem suas próprias regras sobre a entrada de animais em seu território, portanto, é preciso conhecê-las antes de viajar (aqui estão as regras da União Europeia, dos Estados Unidos e do Brasil).

No entanto, para sair com um gato da Rússia, é necessário obter um certificado veterinário internacional (na maioria das clínicas do país), que exibirá informações sobre o dono do animal e as vacinas. Também é preciso ter um certificado veterinário russo (chamado “Forma nomer odin”, que pode ser feito em qualquer clínica e será apresentado na fronteira antes de trocá-lo por um certificado internacional. Além desses documentos, o gato deve possuir um chip.

Lembre-se de que uma pessoa não pode transportar mais de dois gatos de uma só vez. As regras para o transporte em aviões e trens dependem da companhia.

Conheça 8 gatos que deixaram rastro na cultura russa.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies