Governo planeja aumentar idade de aposentadoria

Ruslan Krivobok/Sputnik
Os limites de idade atuais para aposentadoria dos russos foram estabelecidos no início da década de 1930.

O governo da Rússia iniciou uma discussão sobre os parâmetros para possível aumento da idade para aposentadoria de homens e mulheres no país.

O Ministério das Finanças propõe aumentar a idade em cinco anos, chegando aos 65 anos para homens, e em oito anos, chegando aos 63 para mulheres.

Já um projeto de lei elaborado pelo Ministério do Trabalho sugere a idade de aposentadoria de 60 anos para as mulheres e de 65 para os homens, de acordo com uma fonte no governo da agência de notícias russa independente RBC.

As duas pastas também sugerem diferentes modos de se alcançar a idade proposta. O Ministério das Finanças propõe que se aumente um ano da idade de aposentadoria no decorrer de cada seis meses, enquanto o Ministério do Trabalho sugere um prazo maior: que se aumente um ano a mais para aposentadoria a cada um ano decorrido no calendário.

A reforma da legislação de trabalho poderá se iniciar já em 2019. O Ministério do Trabalho se recusou a comentar a medida.

Segundo a assessoria de imprensa do Ministério das Finanças, a pasta ainda não enviou uma proposta oficial ao governo sobre o assunto.

"No momento, o ministério está estudando diversas propostas para alterar o sistema de pensões”, disse o porta-voz.

Apenas 68% dos homens russos que já alcançaram os 20 anos hoje conseguirão atingir a idade de aposentadoria no futuro, segundo os economistas da Academia Presidencial da Economia Nacional e Administração Pública da Rússia.

"Sessenta e três anos é o limite máximo para o aumento da idade de aposentadoria para os homens russos, porque a probabilidade de sobreviver a esta idade é extremamente baixa e o período de vida após esta idade é menor do que em qualquer outro país que tenha um sistema de pensões",  disse à agência RBC o vice-diretor do Instituto de Análise Social da Academia Presidencial da Economia Naiconal e Administração Pública da Rússia, Íuri Gorlin.

Segundo ele, em termos de equilíbrio das consequências financeiras e sociais, a idade de aposentadoria pode ser aumentada até 63 anos para homens e até 60 anos para mulheres, enquanto a taxa de aumento não deve exceder os seis meses de idade de aposentadoria por ano decorrido no calendário.

A discussão da necessidade de aumentar a idade de aposentadoria começou em dezembro de 2017, quando o presidente Putin declarou que o governo estava estudando esta possibilidade.

"Isso não deve ser uma decisão de choque, não deve ser um caso isolado. Deve ser realizado, como em muitos países, de maneira gradual e gentil”, disse Putin.

Os limites existentes de idade de aposentadoria foram estabelecidos no início da década de 1930. A expectativa de vida dos russos cresceu significativamente desde então.

De acordo com a Agência Federal de Estatísticas da Rússia, entre 1926 e 1927, na parte europeia do país, a expectativa de vida dos homens era de 40,2 anos. Em 2018, este indicador atingirá os 72,9 anos.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies