Nave espacial russa com turistas a bordo realizará primeira viagem em 2025

NASA.gov
Testes operacionais do foguete e da cápsula devem começar em 2022. Meta de empresa é realizar dois lançamentos ‘turísticos’ por semana.

A empresa russa CosmoCourse está projetando uma nave reutilizável para voos suborbitais e planeja fazer seu primeiro lançamento comercial ao espaço em 2025.

“O primeiro voo do protótipo [foguete e embarcação espacial – TASS] é planejado para 2023, e o primeiro voo turístico é esperado para 2025”, disse o diretor-geral da CosmoCourse, Pável Púchkin, à agência de notícias TASS.

Os testes operacionais dos módulos devem começar em 2022. “O hardware será concluído em 2021, e no ano seguinte começarão as operações de teste”, completou.

O complexo reutilizável para voos turísticos suborbitais é composto por um foguete de 80 toneladas e uma cápsula de 7 toneladas. Durante as viagens, seis turistas e um instrutor farão um voo de 14 minutos a uma altitude de 180 a 220 km da Terra e passarão cinco minutos e meio em gravidade zero. A passagem custará US$ 250 mil.

A expectativa é que o programa inteiro, desde o lançamento do projeto até a primeira missão turística, exija um investimento de US$ 150 a 200 milhões.

A CosmoCourse, que conta hoje com um investidor, prevê que o projeto se torne sustentável dentro de 7 a 10 anos após início dos primeiros voos turísticos. A ideia é fazer até 115 lançamentos ao ano até 2030, isto é, dois lançamentos por semana.

Sabia que os russos infiltram bebidas alcoólicas até no espaço? Leia mais aqui.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Clique 
aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies