Com 118 mil seguidores, jovem russo que perdeu as pernas vira inspiração no Instagram

Rustam Nabiev
Após sofrer acidente, no qual perdeu ambas as pernas, ex-recruta Rustam Nabiev começou a treinar hóquei e criou um blog para inspirar outros a não desistirem.

O jovem russo Rustam Nabiev, de Ufá, nos Urais, sobreviveu a um grave incidente, quando o teto do quartel do Exército onde dormia caiu, em 12 de julho de 2015. Segundo ele, a experiência foi como ‘nascer de novo’. Vinte e quatro companheiros morreram naquele dia, e, apesar de ter permanecido soterrado sob os escombros a noite toda, Nabiev foi resgatado. O incidente, porém, deixou sequelas: a perda de ambas as pernas. Mesmo assim, Rustam não desistiu. Hoje, o jovem russo joga hóquei no gelo sobre trenós e é autor de um perfil no Instagram muito popular no país.

“Eu fazia esportes antes de entrar para o Exército, mas não profissionalmente, apenas por diversão. Fiz atletismo por seis anos, e depois musculação por mais quatro”, disse Rustam ao Russia Beyond. Após a tragédia, foi convidado a jogar hóquei no gelo. “Nunca tinha me interessado por hóquei antes nem tinha jogado; sequer sabia as regras. Mas tinha que fazer algo após a lesão; o principal era não ficar em casa.”

Hoje, o hóquei no gelo é a principal atividade da Rustam, e sua equipe participa de várias competições, inclusive em outros países da Europa. Em 2017, o time de Rustam venceu a Copa Continental Europeia de hóquei sobre trenó e ganhou uma medalha de bronze no Campeonato Russo da modalidade, além de conquistar o ouro nos Campeonatos Europeus na Polônia e no Aberto de Malmo, (Suécia) em 2018.

Não é à toa que a vitória da equipe masculina de hóquei no gelo nos Jogos Olímpicos de PyeongChang também foi enaltecida por Rustam. “Estou orgulhoso de que, apesar das sanções e das proibições, nossos atletas não desistiram. Pelo contrário, eles provaram que somos uma grande nação esportiva”, disse Rustam, acrescentando que seu objetivo final na vida é participar dos Jogos Paraolímpicos.

Além do sucesso sobre o gelo, o jovem russo conta hoje com 118 mil seguidores no Instagram, onde fala sobre sua vida. “O foco do meu blog é provar que não importa a situação, você pode superar e mudar as coisas para melhor. Quero provar que a deficiência não é uma sentença de morte, mas sim uma nova página em uma nova vida, com suas próprias aventuras”, explicou Rustam ao Russia Beyond.

Com seus vídeos, o paratleta tenta animar as pessoas. “A vida é linda, não importa o que aconteça. Eu sempre digo aos meus leitores que não se deve ficar reclamando e desperdiçar a própria vida; os 24 caras que morreram quando o teto do quartel caiu teriam ficado muito felizes em estar no seu ou no meu lugar. Mas eles estão debaixo da terra. Eu acredito que essa é uma boa razão para não desistir”, acrescentou.

Сегодня был, поистине, чудесный день😍А начался он с утра, с сумасшедшего олимпийского финала по хоккею нашей сборной России и Германии🔥Матч был очень нервным для меня, сказать что я очень переживал, ничего не сказать.. После того, как немцы вышли вперёд, за 3 мин до окончания 3го периода, я на пальцах все ногти сгрыз😁Но, наши показали настоящий характер и смогли переломить ход игры и все-таки смогли поставить золотую точку этих Олимпийских игр🥇 Сборная Россия, впервые за 26 лет взяла золото на Олимпийских играх🎉Моему счастью просто не было предела, кричали,орали, ликовали все члены нашей семьи, даже Софиюшка от радости улыбалась😍 В общем, поздравляю нашу " КРАСНУЮ МАШИНУ"с этой великой победой💪🏻 После этого, от радости, я уговорил свою жену пойти покататься на санках😅 Была чудесная погода, солнышко и мороз❄️Пока Индира меня дотащила до горок, постоянно ворчала ,говоря что я тяжёлый 😁Хотя это не правда, в последнее время я очень сильно похудел🙈Сейчас я вешу где-то 54-55кг, прямо как модель😅 Покатались, посмеялись вообще от души😍❤️ Вспоминали наши былые времена, как мы тайком от всех встречались у моста, как лёжа на траве я пел ей песенки, считали звезды на небе, мечтали..Эх,сплошная романтика☺️ Считаю, что это прекрасное завершение моих выходных, ведь уже сегодня ночью, я отправляюсь в Москву, на спортивные сборы💪🏻 За 2,5 года, как я стал "другим" человеком, понял одно.. какая бы жизнь не была, она прекрасна! И я это буду доказывать на протяжении всего своего пути🙏🏻 Всех крепко обнимаю🤗❤️

Публикация от Рустам (@rustam_nabiev92)

Segundo Rustam, vários seguidores costumam agradecer as palavras de motivação. “Eu já recebi cartas de pessoas dizendo que as impedi de cometer o pior erro de suas vidas – suicidar-se. É muito bom saber que meu exemplo ajuda os outros a não desistir; isso só faz valer a pena sobreviver e lutar”, disse o jovem russo.

Em sua conta no Instagram, Rustam mostra dispositivos especiais que têm em seu apartamento para ajudá-lo no dia a dia. Além disso, percorre as ruas de Ufá verificando o quão bem preparada está a cidade para atender as necessidades de pessoas com deficiência.

“Eu encomendei câmbio manual em Moscou depois de comprar o carro. É muito bom, equipamento alemão de alta qualidade, que facilitou um milhão de vezes minha vida”, disse Rustam, admitindo, porém, tratar-se de um equipamento caro.

Uma das principais fontes de inspiração na vida do atleta é sua esposa, Indira. “Eu posso falar sem parar sobre minha esposa; ela é maravilhosa. Ela me salvou e me ajudou a me recuperar dessa tragédia. Na época, estávamos juntos havia cinco anos, e ela ficou comigo e não teve medo de me aceitar com minha deficiência”, contou.

Rustam confessou, porém, ter tido medo de perder Indira. Depois de acordar de um coma e voltar a falar, ele sugeriu a ela que o deixasse caso quisesse ir embora.

“Mas ela respondeu que, independentemente de eu ter pernas ou não, ela me amava muito e nunca me deixaria. Depois dessas palavras, ela se tornou minha maior motivação para lutar pela minha vida e pelo meu futuro”, continuou.

“Ela esteve sempre ao meu lado: ela me dava comida de colher na unidade de terapia intensiva e cuidava de mim como se fosse um bebê. Eu a amo muito e tudo o que consegui até agora é graças a ela.” Recentemente, o casal teve uma filha.

“O apoio das pessoas mais próximas e queridas é muito importante nessas situações. Eu digo a todos que uma pessoa é capaz de alcançar muitas coisas, mas, quando os outros acreditam nela, ela é capaz de alcançar o impossível. Indira acreditava em mim, que eu conseguiria superar minhas dúvidas, meus medos e toda a minha dor. Seu apoio e fé me deram asas”, concluiu Rustam.

Leia também "Garoto russo cria app que ajuda surdocegos a se comunicar

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Clique 
aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies