Presidente do Senado russo propõe criação do Ministério da Solidão

Alexey Malgavko/Sputnik
Isolamento de pessoas mais velhas é um problema muito sério, justificou senadora. Órgão semelhante já existe no Reino Unido.

A presidente do Conselho da Federação (Senado russo) Valentina Matvienko propôs na última semana a criação de um Ministério da Solidão na Rússia. A experiência, segundo ela, poderia ser baseada na do Reino Unido, onde o novo órgão foi criado recentemente.

“A solidão das pessoas mais velhas é um problema muito sério. Elas precisam de atenção diária. Não tanto dinheiro, como de atenção”, disse Matvienko citada pela agência RIA Nôvosti.

Em 2016, a senadora sugeriu, porém sem sucesso, a criação do Ministério da Felicidade.

Leia aqui sobre serviço lançado em Moscou no ano passado para ajudar idosos russos a conseguir uma fonte de renda extra, enquanto preenchem o tempo livre na aposentadoria. O “Vovô e vovó por hora” oferece o tempo de idosos para levar crianças à escola ou apenas compartilhar histórias a cerca de R$ 12 por hora.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies