“Minhocas do mar” misteriosas aparecem em praias do Extremo Oriente russo

Maxim Antipin
Moradores locais ficaram espantados com aparecimento de espécie desconhecida. Segundo especialistas, misteriosas criaturas são apenas uma espécie de algas.

Os moradores da remota península de Tchukotka, no Extremo Oriente do país, e marinheiros que trabalham no mar de Bering vêm relatando o aparecimento de misteriosas “minhocas marrons” no oceano.

Alguns chegaram a pensar que poderia ser uma mutação antropogênica, devido às características incomuns do animal.

Os especialistas explicam, porém, que as “minhocas assustadores” não são nada ofensivas: trata-se de uma espécie de algas marítimas conhecida como Nereocystis luetkeana. Segundo eles, embora tenham origem na costa do Pacífico da América do Norte, teriam percorrido um longo caminho até a Rússia.

Essas algas atingem até 25 metros de comprimento e 20 cm de diâmetro, fixando-se em rochas e no fundo do mar. Em dezembro, acabam sendo varridas para outras partes do mundo pelo movimentos das águas.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies