Polícia de São Petersburgo cria ‘Força Especial do Gelo’

Pingentes de gelo em passagem de São Petersburgo

Pingentes de gelo em passagem de São Petersburgo

Stefan Sauer/Global Look Press
Iniciativa das autoridades tenta evitar que pedaços de gelo acumulados com neve caíam na cabeça das pessoas que circulam pelas ruas da cidade.

O inverno traz muitos perigos na Rússia: vias e calçadas escorregadias, temperaturas baixíssimas – e “pingentes de gelo” que caem dos prédios na cabeça dos transeuntes.

Por esse motivo, as autoridades de São Petersburgo decidiram agir criando um novo departamento para evitar que pedaços de gelo causem feridos nas ruas.

A notícia partiu de um ativista de direitos humanos, que, em sua página do Facebook, publicou o documento oficial descrevendo o papel da “Força Especial do Gelo”.

O monitoramento das fachadas de edifícios é uma dessas tarefas. O departamento planeja usar novas tecnologias para remover os pingentes de gelo antes que se desprendam dos prédios.

No passado, a tarefa era realizada com a ajuda dos chamados “pé de cabra” – alavancas para remover pregos –, mas, segundo a ex-prefeita, Valentina Matvienko, o “país não deveria ficar preso na Idade da Pedra”.

“Devemos encontrar outro caminho. Os pingentes devem ser removidos com lasers ou vapor”, disse. Até lá, os turistas de São Petersburgo devem ficar atentos ao céu.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies