Fifa anuncia valor de ingressos para Copa 2018; mais barato sairá US$ 105

No total, 350 mil ingressos estarão reservados para os moradores locais

No total, 350 mil ingressos estarão reservados para os moradores locais

AP
Cidadãos russos poderão adquirir os mesmos bilhetes por um preço cinco vezes menor. Ingressos para o torneio começarão a ser vendidos a partir da metade de 2017.

O preço mínimo de um bilhete para um jogo da Copa do Mundo de 2018 na Rússia será de US$ 105, segundo publicou a Fifa em sua conta no Twitter nesta terça-feira (5). Por este valor, os visitantes do torneio podem adquirir ingressos que lhes permitam assistir às partidas da fase de grupos em assentos atrás do gol, excluindo o jogo de abertura no estádio Lujniki, em Moscou, em 14 de julho. Os ingressos para esta partida especificamente custarão US$ 220.

Paralelamente, o ingresso mais barato para a final também custará US$ 220, enquanto os assentos no centro da arquibancada chegarão a US$ 1.100.

Os cidadãos russos, no entanto, terão a possibilidade de comprar os mesmos bilhetes por um valor cinco vezes menor. O ingresso mais barato para os torcedores russos vai custar 1.280 rublos (pouco mais de US$ 20), e o da final sairá por 7.040 rublos (em torno de US$ 110). No total, 350 mil ingressos estarão reservados para os locais, segundo a assessoria da Fifa.

A categoria especial de ingressos para os moradores locais foi acertada pelo ministro dos Esportes, Vitáli Mutko, e pelo presidente da Fifa, Gianni Infantino. Além disso, o preço dos bilhetes será fixado na moeda local, devido à instabilidade da taxa de câmbio entre o rublo e o dólar (nos últimos tempos, a moeda russa caiu quase 50% em relação à norte-americana).

Os ingressos para a Copa do Mundo de 2018 estarão à venda a partir da metade de 2017. No mês passado, o Parlamento russo aprovou uma lei permitindo que os torcedores estrangeiros com ingressos para o torneio permaneçam na Rússia por quase dois meses sem a necessidade de obter visto, além de usar gratuitamente o transporte público das cidades que sediarão os jogos.

Gostaria de receber as principais notícias sobre a Rússia no seu e-mail?   
Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.