Quarteto de remo da Rússia é suspenso dos Jogos Olímpicos por doping

Equipe russa estará defasada nos Jogos no Rio, que começa em 5 de agosto

Equipe russa estará defasada nos Jogos no Rio, que começa em 5 de agosto

Divulgação
Decisão foi tomada após teste positivo de doping por um dos membros do quarteto de remo. Após suspensão generalizada do atletismo e outros atletas individuais, seleção olímpica russa será composta por 380 atletas, em dez dos 430 previstos originalmente.

Um quarteto de remadores russos foi excluído das Olimpíadas no Rio de Janeiro, depois de um dos membros da tripulação, Serguêi Fedorovtsev, testar positivo para uso da substância, informou a Federação Mundial de Remo (FISA) em nota divulgada nesta sexta-feira (1º).

“A Federação Mundial de Remo, FISA, informa que o quarteto masculino de remo da Rússia está desqualificado devido a uma violação de doping”, lê-se no comunicado do órgão.

“Em 17 de maio de 2016, o remador Serguêi Fedorovtsev forneceu uma amostra de urina em um teste realizado fora do âmbito de competição pela Agência Antidoping da Rússia.”

Fedorovtsev, 36, foi classificado para os Jogos de 2016, após última fase das qualificatórias para o torneio em Lucerne, na Suíca, em maio passado. Além de bicampeão europeu, foi medalha de ouro nas Olimpíadas de Atenas, em 2004.

“Em 30 de junho de 2016, a amostra B foi aberta na presença do remador e posterior análise confirmou o resultado da amostra A”, informou a FISA. “A qualificação para os Jogos Olímpicos do Rio, conquistada em 24 de maio, está, portanto, suspensa.”

Equipe reduzida

Em entrevista coletiva na agência Tass, o chefe da chefe da delegação olímpica da Rússia, Ígor Kazikov, informou que a equipe russa no evento será representada por 380 atletas. Inicialmente, previa-se a participação de 420 a 440 esportistas.

“No momento, a delegação russa é composta por 650 membros, incluindo 380 atletas. Foi inicialmente previsto que haveria em torno de 430 deles. Essa queda se deve ao fato de que menos representantes do atletismo irão às Olimpíadas”, disse Kazikov.

No último dia 17 de junho, o Conselho da Iaaf (Associação Internacional das Federações de Atletismo) decidiu, durante sessão em Viena, manter a atual suspensão de membros da Araf (Federação Russa de Atletismo) em torneios internacionais. O presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, declarou que a entidade respeitará a decisão da Iaaf.

Gostaria de receber as principais notícias sobre a Rússia no seu e-mail?   
Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.