Ministro brasileiro diz ‘esperar’ Rússia nos Jogos no Rio

Vinicius, o mascote das Olimpíadas de 2016

Vinicius, o mascote das Olimpíadas de 2016

Tânia Rêgo/Agência Brasil
Recentes escândalos de doping põem em risco toda a equipe nacional russa.

O ministro dos Esportes, Leonardo Picciani (PMDB), disse ter “esperança” de que a equipe nacional da Rússia participe dos Jogos Olímpicos no Rio e acredita que isso é importante para toda a comunidade internacional.

“Tenho grandes esperanças de que a Rússia venha aos Jogos Olímpicos”, disse Picciani à agência Tass. “A participação da delegação russa nos Jogos Olímpicos é importante não só para o Brasil, mas para toda a comunidade mundial.”

Em meio ao escândalo de doping investigado pela Wada (Agência Mundial Antidoping), o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, declarou não descartar a possibilidade de que todos os atletas russos possam ser proibidos de competir na Rio-2016.

“A Rússia é um país com tradições esportivas muito fortes. É uma potência olímpica, e, claro, acreditamos que virá ao Rio”, destacou Picciani, acrescentando que aguarda a presença das delegações de 206 países.

Os jogos serão realizados entre 5 e 21 de agosto. Após o encerramento, o Rio sediará os Jogos Paralímpicos, de 7 a 18 de setembro.

Com material da agência de notícias Tass

Gostaria de receber as principais notícias sobre a Rússia no seu e-mail?  
Clique aqui para assinar nossa newsletter. 

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.