Sôtchi abre os Jogos Mundiais para Cadeirantes

Evento conta com 600 participantes de 37 países. Apenas da Rússia, há 196 atletas.

Evento conta com 600 participantes de 37 países. Apenas da Rússia, há 196 atletas.

Shutterstock/Legion Media
Delegação russa é a mais numerosa nas competições, que devem definir os atletas que irão participar dos Jogos Paraolímpicos de Verão, no Rio de Janeiro, em setembro de 2016.

No domingo (27), Sôtchi abriu o IWAS (da sigla em inglês, Jogos Mundiais da Federação Internacional do Esporte para Amputados e Cadeirantes).

Realizada pela primeira vez na Rússia, a competição conta com 600 participantes de 37 países. Os jogos durarão até 2 de outubro.

Os jogos de verão da IWAS são realizados a cada dois anos e constituem uma das etapas mais importantes de seleção para os Jogos Paraolímpicos de Verão.

Os atletas competem em seis modalidades: atletismo, tênis de mesa, arquearia, natação, queda de braço e para-taekwondo.

Neste ano, a delegação russa é a mais numerosa da competição, e conta com 196 atletas.

“Desejamos que o maior número possível de atletas russos paraolímpicos participe e represente nosso país nos Jogos Paraolímpicos, no Rio de Janeiro, em cerca de um ano”, declarou o vice-ministro dos Esportes da Federação Russa, Iúri Nagornikh.

Sôtchi é o principal centro de treinamento para atletas paraolímpicos russos atualmente.

De 7 a 16 de março de 2014, a cidade, situada na costa do Mar Negro, sediou os Jogos Paraolímpicos de Inverno.

Em 24 de setembro de 2015, atletas cadeirantes disputaram uma prova de meia maratona na pista de corrida de Fórmula 1 do Autódromo de Sôtchi.

Material publicado originalmente publicado pelo jornal Rossiyskaya Gazeta.

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.