Barcelona abre escola de futebol infantil em Sôtchi

No final, os técnicos irão selecionar os dois melhores jogadores, que vão passar uma semana na famosa academia La Masia, em Barcelona.

No final, os técnicos irão selecionar os dois melhores jogadores, que vão passar uma semana na famosa academia La Masia, em Barcelona.

Sportivo
Centro de treinamento reúne jovens jogadores entre seis e 13 anos.

Agosto em Sôtchi. O relógio marca 8:30 da manhã e o termômetro, 30 graus. Com um calor desses, a melhor coisa a se fazer talvez seja ficar nadando no mar. No entanto, as crianças da escola de futebol do Barcelona não têm tempo para brincar na praia e a essa hora da manhã já estão treinando no campo.

O famoso clube catalão abriu este ano sua primeira escola de futebol para crianças na Rússia. Os organizadores do projeto escolheram a cidade de Sôtchi, que devido aos Jogos Olímpicos de Inverno de 2014 ganhou boas instalações esportivas. Além disso, por estar situada em uma região subtropical, Sôtchi possui boa infraestrutura turística e um clima que permite treinos ao ar livre durante o ano inteiro.

Jogar como Messi

Em apenas dois meses, já passaram pela escola do Barça cerca de 400 jovens jogadores entre seis e 13 anos. Cada um dos meninos tem um nível de preparação diferente, mas todos compartilham o amor pelo futebol e o desejo de aprender com os melhores atletas.

Segundo o técnico principal do centro de treinamento, Sergi Pi, é muito difícil conseguir visualizar neste primeiro momento, no meio de centenas de atletas-mirins, um futuro Messi. "Na idade em que se encontram agora, é muito difícil determinar qual deles será um grande jogador no futuro. A principal tarefa do Barcelona agora é familiarizá-los com a metodologia do esporte, fazer com que as crianças se divirtam com o futebol e joguem com prazer", disse o treinador à Gazeta Russa.

À primeira vista parece difícil conseguir mudar radicalmente o estilo de jogo de um jovem em dez dias, que é o tempo de duração de cada período do curso, mas o treinador garante que nesse intervalo de tempo os meninos percorrem um enorme caminho. Eles aprendem diferentes jogadas táticas, aprendem a ver o campo e a se ver uns aos outros. Isso é importante não só para a compreensão do jogo do Barcelona, mas para o futebol em geral.

Sem os pais

Os treinos na escola foram divididos em seis turnos: o primeiro começou em 12 de junho e o último terminou em 17 de agosto. No final, os técnicos irão selecionar os dois melhores jogadores, que vão passar uma semana na famosa academia La Masia, em Barcelona. Durante o período de treino, os jogadores-mirins puderam ver seus pais apenas no dia de abertura e no final do curso. No restante do tempo não se permitiu a entrada de pais e mães no centro esportivo.

Independente do nível de preparação, qualquer jovem teve a oportunidade de treinar no campo, bastando se apresentar no local. A notícia da abertura da escola infantil se espalhou rapidamente pela internet, deixando milhares de jovens com vontade de ir a Sôtchi. Mesmo com o alto preço do curso (dez dias de treinamento por 132 mil rublos), o número de pedidos excedeu em duas vezes o número de vagas existentes.

Futebol em vez de praia

Alguns garotos tiveram a sorte de conseguir frequentar mais de um período de treino durante o verão. Maksim Solomon, de Moscou, frequentou dois. "Quando chegar em casa vou contar como foi bom o tempo que passei aqui, fiz um monte de novos amigos. Somos uma equipe. Eu quero jogar bem e esta é uma boa oportunidade para treinar. Eu aprendi tudo o que queria durante os treinos, por isso não sinto pena nenhuma de ter passado o meu verão aqui em vez de ter ido para algum outro lugar nas férias", disse Maksim à Gazeta Russa.

Depois de cada turno, os jovens deixam o centro de treinamento cheios de emoção, novos conhecimentos e com um diploma da escola internacional, que lhes é entregue na cerimônia de encerramento. Os próximos dois períodos de treinamento na Rússia estão previstos para o outono de 2015, com treinos não apenas em Sôtchi, mas também em Moscou.

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.