Com proibição suspensa, Rússia disputará vaga para Rio-2016

Seleção feminina de basquete em jogo do Campeonato Mundial

Seleção feminina de basquete em jogo do Campeonato Mundial

Ria Novôsti/Aleksêi Filippov
Dirigentes da Fiba voltaram atrás e decidiram permitir participação de equipes russas em torneios internacionais, incluindo os Jogos Olímpicos no Rio. Proibição havia sido imposta após polêmicas envolvendo a Federação Russa de Basquetebol.

O corpo de dirigentes da Fiba (Federação Internacional de Basquetebol) suspendeu a medida que proibia as seleções de basquete da Rússia de competir em torneios internacionais, informou a RFB (da sigla em russo, Federação Russa de Basquetebol) no domingo (9).

“Hoje, durante uma sessão em Tóquio, a Fiba ​​tomou a decisão de permitir que as equipes nacionais russas compitam em torneios internacionais”, disse a RFB em nota divulgada no site.

“Isso significa que o país poderá competir no Campeonato Europeu de Basquetebol”, lê-se no comunicado. O torneio na Europa serve de qualificatória para os próximos Jogos Olímpicos, que serão realizados no Rio em 2016.

No final de julho, o gabinete da Federação Russa de Basquetebol recebeu um comunicado da Fiba que anunciava a exclusão de todas as equipes de basquetebol da Rússia de torneios internacionais.

A decisão foi tomada após anos de instabilidade e escândalos na RBF, que resultaram em uma decisão judicial, em junho, obrigando a federação russa a realizar novas eleições presidenciais.

“As equipes nacionais russas poderão participar de torneios da Fiba, mas as sanções em relação a membros da federação serão mantidas”, explicou o vice-ministro dos Esportes russo, Pável Kolobkov, à agência R-Sport.

Com material do jornal The Moscow Times e da agência R-Sport

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.