Russos participarão de 1º Mundial de Povos Indígenas no Brasil

Povos russos estarão entre os mais de 2.000 representantes de 30 países Foto: Váleri Charifulin/TASS

Povos russos estarão entre os mais de 2.000 representantes de 30 países Foto: Váleri Charifulin/TASS

Palmas sediará a primeira edição do torneio, que começa em 23 de outubro.

Durante uma coletiva de imprensa em Moscou, na semana passada, o presidente do Comitê Russo para Organização dos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas, Pável Suliandziga, confirmou a participação do país nos I Jogos Mundiais dos Povos Indígenas (JMI), que acontecem de 23 de outubro a 1 de novembro na capital do Tocantins. 

Segundo Suliandziga, que é também presidente Fundação Batani (organização sem fins lucrativos para o desenvolvimento dos povos nativos da Sibéria, do Norte e do Extremo Oriente russo), a competição reunirá mais de 2.000 representantes de 30 países.

Além dos indígenas das Américas e da Rússia, também estarão presentes povos da Austrália, Japão, Noruega, China e Filipinas.

O evento é composto por esportes indígenas, que se dividem em jogos tradicionais demonstrativos ou jogos nativos de integração. Mas também haverá esportes ocidentais competitivos, como símbolo de unificação das etnias e povos indígenas.

Corrida na areia, nado em águas abertas, arco e flecha, cabo de guerra, canoagem e arremesso de lança estão entre as modalidades esportivas que serão disputadas. Paralelamente às competições, será realizado um festival de cultura e gastronomia dos povos indígenas.

Além disso, durante os primeiros três dias de evento, os grupos brasileiros e estrangeiros farão uma excursão pelos pontos turísticos de Palmas, como forma de socialização e integração dos participantes do evento com a comunidade local.

O torneio foi lançado oficialmente pela presidente Dilma Rousseff, no último dia 24, em Brasília. Em visita recente aos Estados Unidos, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, parabenizou a delegação brasileira “pela realização de um dos maiores eventos esportivos de 2015”.

 

Com materiais dos sites http://nazaccent.ru, http://nsn.fmwww.jogosmundiaisindigenas.com

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook


Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.