FSB dará apoio a Brasil nas Olimpíadas 2016

Nível de ameaça terrorista nos Jogos do Rio subiu após os atentados em Paris Foto: AP

Nível de ameaça terrorista nos Jogos do Rio subiu após os atentados em Paris Foto: AP

O Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB, na sigla em russo) dará assistência às agências brasileiras para garantir a segurança pública durante os Jogos Olímpicos de Verão no Rio de Janeiro, em 2016. A informação foi divulgada por Iúri Nagornikh, vice-ministro dos esportes e presidente do Comitê Olímpico Russo.

Na quinta-feira passada (26), O Comitê Olímpico Russo se reuniu no Ministério dos Esportes para discutir os preparativos para os Jogos Olímpicos de Verão 2016, no Rio de Janeiro, e os Jogos de Inverno 2018, na Coreia do Sul.

“Estamos dando grande atenção para garantir a segurança da nossa enorme delegação, que vai ficar Brasil por um longo período”, disse Nagornikh à agência Tass. “É por isso que os especialistas do FSB que querem realizar o trabalho em cooperação com os brasileiros participaram dessa reunião.”

No início do ano, o diretor do departamento antiterrorista da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Luiz Alberto Sallaberry, admitiu que a ameaça terrorista nos futuros Jogos Olímpicos subiu para um nível mais alto após os atentados cometidos por fundamentalistas islâmicos em Paris, em janeiro passado.

“Nós não temos células terroristas, mas há pessoas que podem dar assistência a tais grupos”, disse Sallaberry, em entrevista ao portal de notícias G1.

Segundo ele, os serviços de segurança brasileiros vêm acompanhando de perto alguns indivíduos que não pertencem a qualquer grupo terrorista, mas demonstram apreço pela ideologia extremista.

“Vamos sediar os Jogos Olímpicos 2016 [entre 5 e 21 de agosto], reunindo atletas, convidados de alto escalão e torcedores de países que se tornaram alvos prioritários de terroristas – tudo isso aumenta o nível de ameaça.”

Em fevereiro passado, uma delegação do Comitê Olímpico Russo e da Agência Federal Médica e Biológica da Rússia fez uma viagem de familiarização ao Brasil.

“Nossos representantes visitaram todas as instalações olímpicas e agora temos plena compreensão das condições em que os torneios olímpicos serão realizados”, acrescentou Nagornikh. “Foram estabelecidos contatos com todos os oficiais do Comitê Organizador Rio-2016.”

“A partir das informações que recebemos, vamos ajustar as questões relacionadas com a fase final dos preparativos para os Jogos”, continuou. “Estamos trabalhando em conjunto com as federações esportivas de cada esporte olímpico para selecionar as instalações para as equipes que gostariam de fazer os últimos treinos no Brasil.”

 

Publicado originalmente pela agência Tass

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.