Clube da Tasmânia propõe luta de judô entre Pútin e premiê australiano

Faixa preta de judô, Pútin já escreveu manual sobre o esporte Foto: Reuters

Faixa preta de judô, Pútin já escreveu manual sobre o esporte Foto: Reuters

Um clube de judô da Tasmânia convidou Vladímir Pútin a se tornar um de seus membros honorários e propôs a realização de uma luta entre o líder russo e primeiro-ministro australiano, Tony Abbott. Os recursos arrecadados na disputa seriam destinados a causas sociais.

De acordo com a senadora Jacqui Lambie, o Ulverstone Judo Club entregou o convite para a luta, juntamente com uma camiseta, ao embaixador russo na Austrália, Vladímir Morozov.

Promotora da iniciativa, Lambie acredita que a disputa entre Pútin e Abbott seria “ótima para as relações internacionais”. Se a luta for realizada, o clube estaria disposto a conceder uma faixa preta de judô a Pútin.  

Em 13 de outubro, Abbott prometeu “nocautear” o presidente russo em relação ao acidente envolvendo o avião ucraniano MH17. O próximo encontro entre os líderes acontecerá durante a cúpula do G20, em Brisbane, nos dias 15 e 16 de novembro.

 

Publicado originalmente pela agência Tass

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.