Capello conclui programa de preparação da seleção para Copa de 2018

Joseph Blatter, presidente da Fifa, ao lado do ministro dos Esportes russo, Vitali Mutkó (à esq.) Foto: Reuters / Vostock-Photo

Joseph Blatter, presidente da Fifa, ao lado do ministro dos Esportes russo, Vitali Mutkó (à esq.) Foto: Reuters / Vostock-Photo

O treinador da seleção russa, Fabio Capello, elaborou, em conjunto com o vice-ministro dos Esportes, Iúri Nagornikh, um programa de preparação da equipe nacional para a Copa do Mundo de 2018. Projeto foi elaborado para evitar repetição do fiasco no Mundial do Brasil neste ano.

“Em parceria com Nagornikh, Capello desenvolveu um amplo programa de preparação da seleção para o Mundial de 2018”, declarou o ministro dos Esportes russo, Vitáli Mutko. “O programa já está sendo implementado.”

A seleção nacional experimentou uma série de contratempos ao longo da última década: não conseguiu se classificar para a Copa do Mundo de 2006, na Alemanha, e para o Mundial na África do Sul, em 2010.

As coisas mudaram, no entanto, quando o treinador italiano Fabio Capello assumiu a equipe e conseguiu levá-la para a Copa do Mundo de 2014, no Brasil.

Mesmo assim, a seleção russa não conseguiu passar da primeira fase do torneio, tornando seu treinador alvo de críticas severas e levantando sérias preocupações sobre o desempenho da equipe na próxima Copa do Mundo, que acontecerá na Rússia em 2018.

O país ganhou o direito de sediar a Copa do Mundo de 2018 há quase quatro anos, em uma disputa acirrada contra a proposta conjunta da Inglaterra, Portugal e Espanha e a candidatura em nome da Bélgica e da Holanda.

 

Publicado originalmente pela agência Itar-Tass

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.