Novo estádio de Moscou será sede de eliminatórias para Euro-2016

Estádio comporta 42.000 espectadores e ocupa uma área de quase 54 mil metros quadrados Foto: Agência municipal de noticias de Moscou

Estádio comporta 42.000 espectadores e ocupa uma área de quase 54 mil metros quadrados Foto: Agência municipal de noticias de Moscou

A Federação Russa de Futebol confirmou nesta segunda-feira (29) que o jogo de qualificação para o Campeonato Europeu de Futebol de 2016 entre a Rússia e a Moldávia será realizado na recém-construída Okritie-Arena, que inaugurou na capital no início do mês. Estádio do Spartak Moscou também será uma das sedes do jogos da Copa do Mundo de 2018.

A União das Associações Europeias de Futebol (Uefa) enviou uma delegação no início desta semana para inspecionar a nova arena e, após a visita, anunciou que o estádio no noroeste da capital russa está apto a sediar o jogo.

A partida para o Campeonato Europeu de Futebol de 2016, que acontecerá na França, está prevista para 12 de outubro. Inicialmente, havia sido anunciado que o embate iria ocorrer no estádio Petróvski, em São Petersburgo.

A construção da Otkritie-Arena começou em 2010 e teve custo estimado em 14,5 bilhões de rublos (mais de US$ 402 milhões). O estádio comporta 42.000 espectadores, ocupa uma área de quase 54 mil metros quadrados (13,2 hectares) e tem quase 53 metros de altura.

A abertura oficial da Otkritie-Arena foi realizada no último dia 5, quando o Spartak Moscou enfrentou em casa o clube sérvio Estrela Vermelha de Belgrado. O novo estádio foi construído exclusivamente para o Spartak Moscou e será também uma das sedes do jogos da Copa do Mundo de 2018.

Na semana passada, o presidente russo Vladímir Pútin visitou o espaço e, depois de um passeio pela arena, disse que era “um dos melhores, se não o melhor o estádio da Europa na atualidade”.

 

Publicado originalmente pela agência Itar-Tass

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.