Pútin inaugura estádio em Moscou para Copa do Mundo de 2018

Bola de futebol assinada por Pútin ficará exposta no museu do clube Foto: Reuters

Bola de futebol assinada por Pútin ficará exposta no museu do clube Foto: Reuters

O mais novo estádio construído para a Copa do Mundo de 2018, o Otkrytie Arena, foi inaugurado em Moscou pelo presidente Vladímir Pútin nesta quarta-feira (27). Localizado no noroeste da capital, o Otkrytie Arena será sede do clube local Spartak.

Pútin chegou ao local de helicóptero, acompanhado do ministro dos Esportes, Vitáli Mutko, do prefeito de Moscou, Serguêi Sobiânin, e de Leonid Fedun, proprietário do clube Spartak Moscou, que financiou o projeto.

O presidente fez um tour pelo espaço, que atualmente acomoda 42.000 espectadores. Pútin também aproveitou para se reunir com veteranos e jovens jogadores do Spartak.

Antes de deixar o estádio, ele assinou uma bola de futebol, que ficará exposta no museu do clube. “A construção de estádios esportivos como este ajuda a alavancar o desenvolvimento interno do país”, declarou o presidente.

Foram necessários sete anos para concluir o estádio, que custou cerca de 15 bilhões de rublos (pouco mais de US$ 415 milhões).

A capacidade de público poderá ser aumentada para 45 mil espectadores, conforme preferência da Fifa. A arena também receberá partidas da Copa das Confederações em 2017.

O primeiro jogo na nova casa do Spartak acontecerá em 5 de setembro, quando o clube enfrentará o Estrela Vermelha de Belgrado.

 

Publicado originalmente pelo The Moscow Times

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.