Mais de 100 atletas da Crimeia aplicaram para cidadania russa

Passaporte russo será concedido a um total de 170 atletas crimeanos Foto: ITAR-TASS

Passaporte russo será concedido a um total de 170 atletas crimeanos Foto: ITAR-TASS

Alguns esportistas deverão esperar encerramento de campeonatos atuais para concluir o processo.

Os 112 atletas de maior destaque da Crimeia entraram com pedido de cidadania russa, informou Váleri Kosarev, chefe da comissão permanente para educação, ciência, juventude e esporte do Conselho de Estado da Crimeia (parlamento), à agência Itar-Tass.

Segundo ele, um total de 170 atletas crimeanos, incluindo campeões olímpicos, mundiais e europeus, têm expectativa de obter os documentos russos.

No entanto, muitos atletas da Crimeia não podem receber passaporte ainda, porque já haviam se inscrito para competições mundiais como membros da seleção ucraniana.

“Se eles se tornarem cidadãos russos agora, eles terão que se retirar de todos os campeonatos mundiais e europeus, bem como outras competições. Isso seria crítico para eles, pois precisam competir”, acrescentou Kosarev.

O mesmo acontece com os jogadores do clube de futebol Tavria, que não podem obter passaporte russo no momento.

“Eles não serão capazes de competir no campeonato russo, e seriam expulsos do ucraniano”, explicou o parlamentar, acrescentando que, até agora, nenhum dos atletas se recusou a adotar a cidadania russa.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.