Senador americano pede para Fifa expulsar Rússia da Copa do Mundo

Delegação russa celebrou ao ganhar o direito de sediar a Copa do Mundo em 2018 Foto: RIA Nóvosti

Delegação russa celebrou ao ganhar o direito de sediar a Copa do Mundo em 2018 Foto: RIA Nóvosti

Dan Coats acredita que FIFA estava errada quando se recusou a excluir a Rússia da Copa do Mundo deste ano e impedir o país de sediar o torneio em 2018, levando em conta a atuação do Kremlin na Crimeia.

“A Fifa sugere que o mau comportamento ultrajante pelos Estados-membros não tem importância, porque tais decisões são irrelevantes para o futebol”, disse o senador Dan Coats, na quarta-feira passada (2).

Em uma carta endereçada a Coats e a outro senador republicano, Mark Kirk, a Fifa alega que a participação na Copa do Mundo é baseada no mérito esportivo, e que só uma violação dos estatutos e regulamentos da Fifa poderia levar à suspensão ou expulsão da competição.

Coats ressaltou que a Iugoslávia foi banida da competição internacional em 1992 e 1994, por causa de seu comportamento durante as guerras dos Balcãs, um assunto também alheio ao campo de futebol.

“Eu continuo a recorrer à liderança para impor a mesma punição à Rússia”, reiterou Coats.

Coats e Kirk escreveram para a Fifa  no dia 7 de março, pedindo para a organização convocar uma sessão de emergência e considerar a suspensão da Rússia, tirando seu direito de sediar a Copa do Mundo daqui quatro anos e negando à seleção russa a possibilidade de jogar no Brasil neste ano.

Dois legisladores russos revidaram alguns dias depois, incitando o presidente da Fifa, Sepp Blatter, a expulsar os EUA do evento.

Entre outras coisas, os deputados da Duma de Estado (câmara baixa do Parlamento russo), Aleksandr Sidiakin e Mikhail Markelov, citaram as ações agressivas dos EUA contra a Iugoslávia, Iraque e Líbia, bem como as tentativas de invadir a Líbia.

A Copa do Mundo deste ano será realizado no Brasil entre 12 junho e 13 julho. Os EUA podem enfrentar a Rússia nas eliminatórias da competição, se ambos passarem da fase de grupos.

Os EUA estão no Grupo G, junto com Gana, Portugal e Alemanha, enquanto a Rússia vai jogar no Grupo H contra a Bélgica, Coreia do Sul e Argélia.

 

Publicado originalmente pelo The Moscow Times

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.