“Prazos da Copa 2018 estão estourados”, critica ministro

Mutko reforçou que cada uma das 11 regiões que sediarão o evento receberam um subsídio de US$ 98 milhões Foto: ITAR-TASS

Mutko reforçou que cada uma das 11 regiões que sediarão o evento receberam um subsídio de US$ 98 milhões Foto: ITAR-TASS

O ministro dos Esportes russo, Vitáli Mutko, declarou estar preocupado com o ritmo lento dos projetos de estádios para a Copa do Mundo 2018 e anunciou que "cabeças vão rolar" se a situação não for alterada.

Todas as 12 arenas necessárias para o torneio, exceto uma, estão sendo totalmente ou praticamente construídas do zero, em um projeto estimado em US$ 20 bilhões. Sete delas ainda permaneciam na fase de concepção em janeiro passado. 

“Se a construção ainda não começou, as arenas deveriam, pelo menos, estar com o projeto avançado”, disse Mutko durante uma reunião com líderes regionais. “O ritmo dos projetos é motivo de preocupação. Prazos estão sendo quebrados, há problemas em todas as regiões.”

Cada uma das 11 regiões que sediarão o evento ganharam um subsídio de 3,6 mil milhões de rublos (US$ 98 milhões) para escolher um local e finalizar o projeto do estádio. 

“Quem não for capaz de cumprir isso será substituído nessa fase inicial”, declarou o ministro, ao dizer que “a tarefa é projetar os estádios em conformidade com as normas da Fifa”. 

Três estádios para o torneio já foram finalizados, contudo. É o caso do Kazan Arena, do Estádio Olímpico Fisht, em Sôtchi, e nova casa do Spartak Moscou.

Mas, pelo menos dois estádios estão enfrentando sérios problemas: a nova arena do Zenit São Petersburgo e o estádio de Iekaterinburgo. Enquanto o estádio do Zenit sofreu vários atrasos e aumento de verba para US$ 1,1 bilhões, o de Iekaterinburgo acabou envolvido em uma briga política, depois de o prefeito Evguêni Roizman exigir um projeto inteiramente novo. Segundo ele, a construção de uma nova arena seria consideravelmente mais barata do que um plano de reforma estimado em US$ 380 milhões.

O estádio Lujniki, em Moscou, que receberá o jogo de abertura, semifinais e final do campeonato, também está passando por uma remodelação completa. Mutko exigiu que a construção de todas as arenas comecem até o final de 2014.

 

Publicado originalmente pelo The Moscow News

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.