Seleção russa escolhe Itu para concentração na Copa 2014

Sabe-se também que os jogadores russos vão realizar todas os deslocamentos dentro do país acompanhados por policiais militares Foto: Aleksandr Vilf/RIA Nóvosti

Sabe-se também que os jogadores russos vão realizar todas os deslocamentos dentro do país acompanhados por policiais militares Foto: Aleksandr Vilf/RIA Nóvosti

Seleção russa ficará hospedada em Itu, no interior de São Paulo, durante o período de concentração para a Copa do Mundo 2014. Base de treinamento será oficialmente "russa" a partir final de janeiro de 2014, após conclusão de todas as formalidades.

Não é segredo que o principal defensor da escolha de Itu para a base da seleção russa foi o próprio técnico Fabio Capello, que já visitou o centro de treinamento duas vezes e ficou satisfeito não só com a infraestrutura, mas também com a segurança local. Além disso, o técnico italiano afirmou recentemente que prefere ficar longe da confusão da cidade, mídia e outras distrações.

Segundo a coordenadora da secretaria executiva do Comitê Paulista para a Copa 2014, Raquel Verdenacci, a seleção japonesa deve ficar alojada na mesma cidade. “Em Itu existem dois excelentes centros de treinamento que atendem a todos os requisitos atuais. As federações de futebol da Rússia e do Japão informaram sua intenção de se hospedarem aqui”, disse Verdenacci, em entrevista às agências internacionais de notícias.

Sabe-se também que os jogadores russos vão realizar todas os deslocamentos dentro do país acompanhados por policiais militares, e que o local de hospedagem e de treinamento das seleções estará 24 horas por dia sob a proteção de patrulhas armadas, incluindo atiradores nos telhados.

Brasil afora

A Espanha, atual campeã do mundo e da Europa, selecionou o local de concentração sobretudo com base no clima. Em junho de 2014, os espanhóis seguirão para o Centro de Treinamento do Atlético Paranaense, em Curitiba. O centro inclui seis campos de futebol, piscina com água termal e pavilhão esportivo.

Já os compatriotas de Maradona ficarão instalados no Centro de Treinamento do Atlético Mineiro, em Belo Horizonte, enquanto os italianos preferiram a pequena cidade de Mangaratiba, a 100 quilômetros do Rio de Janeiro.

Porém, ao que tudo indica, os mais privilegiados serão os jogadores adiantados alemães. Após longas consultas, os funcionários da Associação de Futebol da Alemanha decidiram construir sua própria base em um terreno próximo a Porto Seguro, na Bahia. Com a ajuda de engenheiros alemães, será construído em três meses um pequeno hotel cinco estrelas com capacidade para alojar até 70 pessoas, além de piscina, ginásio e dois campos de treinamento.

 

Publicado originalmente pela Rossiyskaya Gazeta

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.