Seleção russa comemora “grupo fácil” na Copa 2014

O treinador da seleção russa, Fabio Capello, comemorou a exclusão da Rússia dos chamados “grupos da morte” Foto: AP.

O treinador da seleção russa, Fabio Capello, comemorou a exclusão da Rússia dos chamados “grupos da morte” Foto: AP.

Primeiros adversários da equipe de Fabio Capello serão as seleções da Bélgica, Argélia e Coreia do Sul. Comentaristas concordam que os russos ficaram com grupo fácil, mas advertem do perigo de se subestimar o adversário.

O sorteio de grupos da fase final da Copa do Mundo 2014, realizado na semana passada no Brasil, deixou os jogadores russos aliviados, após inclusão da equipe no grupo H, ao lado das seleções da Bélgica, Argélia e Coreia do Sul. Não existe favorito no quarteto nem é possível dizer que algum dos adversários seja mais forte do que a seleção russa, à exceção dos belgas, que fizeram uma boa campanha de qualificação.

O treinador da seleção russa, Fabio Capello, comemorou a exclusão da Rússia dos chamados “grupos da morte”, que segundo os resultados do sorteio, apontam para os grupos B e D. No primeiro, ficaram as seleções da Espanha, Chile, Austrália e Holanda, enquanto o segundo é composto por Uruguai, Itália, Costa Rica e Inglaterra. Os brasileiros também calharam com adversários de respeito: Camarões, México e Croácia.

O campeão olímpico e ex-treinador de seleções da CEI e da Rússia, Anatóli Bichovets, sublinhou que, apesar do grupo relativamente fácil em que a Rússia foi inserida, a seleção nacional não se deve subestimar os adversários. “Na última Copa do Mundo em que a Rússia participou, pegamos um grupo similar e, no final, não conseguimos passar.”

Ele lembra que, no último Campeonato da Europa, os comentaristas esportivos também haviam anunciado a liderança incondicional do grupo à seleção russa, porém, a então equipe de Dick Advocaat foi eliminada ainda na fase de grupos. Mesmo assim, o campeão olímpico comemorou o resultado do sorteio.

“A Rússia pegou o grupo mais feliz que poderia ter pegado. A única ameaça à nossa seleção é a equipe da Bélgica, que tem um elenco com jogadores extremamente talentosos”, disse após o sorteio.  Entre os principais jogadores belgas, Bichovets citou nomes como Eden Hazard, Marouane Fellaini, Axel Witzel, Thibaut Courtois, Vincent Kompany e Romelu Lukaku, que atuam nos mais importantes clubes europeus.

Depois do anúncio, as casas de apostas russas começaram a receber lances. De um modo geral, a probabilidade de vitória da seleção brasileira foi apontada por 23,5% dos torcedores, a da seleção da Alemanha, por 14,9%, e a da Argentina, por 12,9%. A seleção espanhola, atual campeã do mundo, assumiu o quarto lugar, com uma probabilidade de vitória ligeiramente acima dos 12%, enquanto as chances de a equipe russa ganhar a Copa 2014 foram apontadas por apenas 0,8% dos apostadores.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.